Semana do Fiagro

Reserva de ações para IPO da Armac (ARML3) termina hoje

Reserva de ações para IPO da Armac (ARML3) termina hoje
Armac (ARML3). Foto: Reprodução Site RI

O período de reserva de ações para a oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) da Armac (ARML3) termina sexta-feira (23).

O valor mínimo de pedido de investimento no IPO da Armac é de R$ 3 mil e o valor máximo é de R$ 1 milhão por investidor de varejo.

A oferta consistirá na distribuição primária de, inicialmente, 53.440.214 novas ações ordinárias a serem emitidas pela locadora de tratores; e secundária de, inicialmente, 15.037.594 ações ordinárias de titularidade do Fundo Speed.

A locadora de maquinários definiu a faixa indicativa de preço entre R$ 13,30 e R$ 16,63. A fixação acontecerá na segunda-feira (26).

Considerando a mediana da faixa, de R$ 14,97, e no número de ações da oferta base, o IPO da Armac poderia movimentar um montante de R$ 1,02 bilhão.

A empresa pretende destinar 100% dos recursos líquidos para a compra de máquinas e equipamentos.

As ações da Armac serão listadas no Novo Mercado sob o código “ARML3” no dia 28 de julho, quarta-feira.

A operação será coordenada Santander (SANB11) Coordenador Líder, Itaú BBA (Agente Estabilizador), BTG Pactual (BPAC11) e Morgan Stanley.

Visão geral da Armac

A Armac é uma plataforma brasileira de locação de equipamentos multicategoria. A companhia oferece , dentre outras categorias, equipamentos de linha amarela, que englobam:

  • pás-carregadeiras;
  • escavadeiras hidráulicas;
  • retroescavadeiras;
  • tratores de esteira;
  • minicarregadeiras;
  • motoniveladoras;
  • rolos compactadores;
  • tratores agrícolas.

A Armac disse acreditar ser o líder nacional no mercado, com menos de 0,5% de market share.

O modelo consiste na conversão do equipamento em um serviço para o cliente, em contratos que incluem disponibilidade para manutenção 24h por dia no ativo e flexibilidade para devolução ou substituição do equipamento quando o projeto do cliente é finalizado.

A empresa possuía, em março de 2021, uma frota própria de 1.403 equipamentos locáveis, com uma base de clientes distribuída em 17 estados brasileiros nos setores de logística agrícola, agroindustrial, fertilizantes, mineração, papel e celulose, transportes e infraestrutura.

Em 2020, a receita líquida da locadora atingiu R$ 111,3 milhões, crescendo 81,3% quando comparada a 2019. A receita líquida de locação e serviços atingiu R$ 110,8 milhões, crescendo 84,7% quando comparada a 2019.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Armac chegou a R$ 56,6 milhões no ano passado, uma alta de 86,4% na base anualizada. Na mesma comparação, o lucro líquido avançou 91,3%, para R$ 17,5 milhões.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO