Radar: governo conta com 100% dos dividendos extras da Petrobras (PETR4), lucro da Nvidia (NVDC34) dispara no 1T24 e XP rebaixa Embraer (EMBR3)

Segundo declarações do Tesouro Nacional, Rogério Ceron, o Ministério da Fazenda está contando com a distribuição de 100% dos dividendos extraordinários da Petrobras (PETR4) neste ano de 2024.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/06/Lead-Magnet-1420x240-3.png

No total, os dividendos extraordinários da Petrobras em 2024 devem gerar R$ 14 bilhões para o Governo.

“Nós consideramos como cenário provável a distribuição dos 100% dos dividendos extraordinários da Petrobras”, disse Ceron em entrevista nesta quarta-feira (22).

A última vez que a Petrobras teve dinheiro em caixa para esse tipo de distribuição foi à época da divulgação do balanço do quarto trimestre de 2023, em meados de março.

A decisão do Conselho da companhia foi de reter cerca de R$ 42 bilhões – o que causou um impacto drástico nas ações PETR4 e fez a companhia perder dezenas de bilhões em valor de mercado, amargando sucessivas quedas por conta da perda de credibilidade.

Posteriormente a companhia optou por pagar 50% desse valor, cerca de R$ 22 bilhões. No total, foram R$ 6,3 bilhões que foram para os cofres do Governo Federal.

A outra metade dos dividendos segue retida em um fundo de reserva de remuneração de acionistas da estatal.

Pela regra esses recursos só podem ser destinados para remunerar aos acionistas, mas não há prazo estabelecido para que a companhia faça isso.

Além de Petrobras, confira outros destaques desta quarta-feira:

Lucro da Nvidia (NVDC34) salta 628% e fecha o balanço do 1T24 com recorde de US$ 14,88 bi; empresa anuncia dividendos

  • Nvidia (NVDC34) anunciou um lucro líquido de US$ 14,88 bilhões no primeiro trimestre deste ano (1T24), um aumento de 628%, ou sete vezes mais, em relação aos US$ 2,04 bilhões registrados no mesmo período do ano passado (1T23). O crescimento recorde, diz a empresa, foi impulsionado pela alta demanda de vendas de chips de inteligência artificial.
  • balanço da Nvidia no 1T24 informa que a companhia cresceu 262% em sua receita no 1T24, impulsionado pelas vendas recordes de chips de inteligência artificial. Ao todo, a receita atingiu US$ 26 bilhões, superando as expectativas dos investidores de US$ 24,7 bilhões, um crescimento de 262%.
  • No segmento automotivo e de robótica, a Nvidia reportou receitas de US$ 329 milhões, um crescimento de 11% em comparação ao 1T23. As receitas de soluções de visualização de design profissional somaram US$ 427 milhões, registrando um aumento de 45% no mesmo período.
  • As despesas operacionais da Nvidia no 1T24 subiram 39%, totalizando US$ 3,5 bilhões, enquanto o lucro operacional alcançou US$ 18,06 bilhões, um aumento anual de 492%.
  • Esse desempenho fez as ações da Nvidia subirem nas negociações pós-mercado desta quarta-feira (22), que fecharam 2% acima do dia anterior. Por volta das 18h50 de hoje, as ações da Nvidia subiram 6,3%, chegando a US$ 1.009,50 no pregão em Nova York.
  • No decorrer do 1T24, o lucro por ação da Nvidia foi de US$ 6,12, acima das estimativas de US$ 5,59, e a margem bruta atingiu 78,4%, superando a previsão de 77%. Em comparação, a AMD (A1MD34), uma de suas concorrentes, registrou uma margem ajustada de 52% no seu primeiro trimestre fiscal.

Embraer (EMBR3): XP vê melhoras em indicadores, mas rebaixa ações; veja motivos

  • A XP rebaixou sua recomendação para as ações da Embraer (EMBR3) de compra para neutra, com um preço-alvo de R$ 37. Segundo a XP, o valuation é uma das razões por trás de nossa visão neutra.
  • Nesta quarta (22), as ações da Embraer fecharam em queda de 2,05%, cotadas a R$ 38,69.
  • “Usando abordagens teóricas e empíricas, estimamos que o múltiplo EV/Ebitda justo futuro da Embraer varie entre 6,0-6,5x considerando suas perspectivas de crescimento, níveis de ROIC (Retorno sobre o Capital Investido) e custo de capital, com EV/Ebitda atual de 2025 de 7,6x implicando um nível de valuation assimétrico para o lado negativo”, destaca a XP. 
  • Portanto, diz a XP, um EV/Ebitda esperado para 2025 de 7,6x parece acima da combinação crescimento versus retorno da Embraer.
  • Além disso, os analistas pontuam que  a expectativa é de que a empresa colha frutos de melhoras no ROIC e entre em um “período de colheita” de Fluxo de Caixa Livre nos próximos anos.
  • “Os ciclos de investimento na indústria aeroespacial são longos, e acreditamos que é hora de a Embraer dar frutos de seu período passado de alocação intensiva de capital. Com o crescimento marginal baseado em baixa necessidade de capital, esperamos que o ROIC melhore de 6,6-8,5% em 2023-24E para 12,3% em 2030E, sustentando um perfil consistente de fluxo de caixa livre, que melhorou ao longo da próxima década após anos de consumo de caixa”, afirma a XP.
  • Segundo a research, é esperado que a aviação comercial seja o principal motor para o crescimento, com a defesa como uma opção de valor plausível se a Embraer adicionar com sucesso novos pedidos à sua carteira.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Braskem (BRKM5) venceu na Justiça, mas não deve receber seus bilhões; entenda

  • Nessa semana, a Braskem (BRKM5) teve uma alta expressiva na bolsa de valores após vencer uma causa na Justiça, implicando em pagamentos bilionários na forma de indenização que serão pagos pela Novonor, sua controladora.
  • Apesar de se tratar de uma vitória judicial – e de o evento ter afetado as ações da Braskem – o pagamento não deve ser feito em breve. Pelo contrário, a expectativa é de que o caso ainda se arreste por alguns anos, e por uma série de motivos.
  • “Dada a situação financeira da Novonor, vemos uma baixa chance de pagamento desses valores, mesmo que as duas ações sejam julgadas em favor da Braskem”, disse o Bradesco BBI em sua análise após a notícia ser divulgada pela BRKM5.
  • Com “duas ações”, os analistas se referem a essa vitória judicial recente e uma outra causa, que corre na Justiça fluminense, que prevê pagamentos bilionários também. Ambas as causas devem totalizar R$ 16 bilhões em pagamentos a serem feitos à petroquímica.
  • Victor Nepomuceno, sócio do Oliveira e Nepomuceno Advogados, explica que a Novonor está em processo de recuperação judicial desde 2020 e, de acordo com as informações veiculadas na mídia, o pedido de recuperação apontava, à época, um passivo de R$ 51 bilhões de reais sujeito ao concurso de credores.
  • “Se a condenação aplicada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo tiver como fato gerador situação ocorrida antes do pedido de recuperação, haverá sim a inclusão dessa condenação no quadro geral de credores e ela estará sujeita às disposições do plano de recuperação judicial da Novonor”, explica”.
  • “O grande privilégio, se assim podem ser entendidas as disposições do plano de recuperação judicial (que se aplica aos credores, indistintamente, de acordo com suas cláusulas), será pagar o débito de acordo com o fluxo e a dinâmica ali previstos, que frequentemente são mais benéficos ao devedor do que aos credores”, completa.

Suzano (SUZB3) confirma interesse em comprar International Paper

  • Suzano (SUZB3) confirmou nesta quarta-feira (22) que tem interesse nos ativos da International Paper (IP).
  • Apesar disso, a Suzano declarou que “não existe, até o momento, qualquer acordo, vinculante ou não, tampouco qualquer decisão ou deliberação dos órgãos de administração da companhia em relação a uma potencial operação, que contenham o mínimo de materialidade necessário à configuração de um fato relevante“.
  • Na véspera as ações SUZB3 afundaram cerca de 6% por conta de uma notícia de bastidores da Reuters de que a companhia de papel e celulosa estudava aumentar sua oferta inicial – que seria de US$ 15 bilhões, mais de R$ 75 bilhões no câmbio atual.
  • Esse pronunciamento da Suzano ocorre em resposta à solicitação apresentada pela B3, que cita que notícias publicadas na imprensa em 7 e 20 de maio de 2024 mencionam uma potencial operação envolvendo as duas companhias.

Da Petrobras à Embraer, essas foram as empresas que se destacaram hoje. Para ler todas as matérias clique aqui.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vanessa Loiola

Compartilhe sua opinião