PROVENTOS

Patrocinado por:

PetroRio (PRIO3): Média da produção diária em abril cresce 0,75% ante 1T21

PetroRio (PRIO3): Média da produção diária em abril cresce 0,75% ante 1T21
PetroRio (PRIO3) FPSO Frade. Foto: Divulgação

A PetroRio (PRIO3) informou nessa sexta-feira (7) que, durante o mês de abril, produziu 31.553 barris de óleo equivalente por dia (boed) o que representou uma ligeira alta de 0,75% sobre a média diária do primeiro trimestre de 2021.

Em seu relatório com dados operacionais referentes ao mês passado, a PetroRio ainda informou que em abril as vendas de óleo somaram 2.021.498 barris (bbl), um montante 4,8% superior à venda média do primeiro trimestre do ano, de 1.927.712 bbl.

A produção no Campo de Frade no mês passado totalizou 15.716 barris de óleo equivalente por dia, sendo que a produção média diária no primeiro trimestre do ano alcançou 15.086 barris de óleo equivalente.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Segundo o documento, “a produção do Campo de Frade no mês de abril foi impactada por uma parada programada para manutenção no FPSO Frade iniciada em 28 de abril, com duração prevista de 8 dias”.

Além disso, a produção no Campo de Tubarão Martelo somou 5.698 barris de óleo equivalente por dia, contra 6.128 barris de óleo equivalente por dia nos três primeiros meses do ano.

“A produção do Campo de Tubarão Martelo nos meses de março e abril foi impactada pela parada na produção do poço TBMT-8H por falha da bomba centrífuga submersa (BCS), causando redução da produção em cerca de 1,4 kbbld. A bomba, que estava em operação desde o início da produção do Campo, aguarda mobilização da sonda Atlantic Zephyr (agora chamada Kingmaker) para realização de um workover, previsto para ser concluído em maio/junho”, salienta o documento.

Veja também:

PetroRio  tem prejuízo de R$ 46 milhões no 1T21

A PetroRio  teve um prejuízo R$ 46 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o lucro de R$ 12 milhões registrados no primeiro trimestre de 2020. Segundo a companhia, o déficit se deu, principalmente, por conta do efeito da variação cambial, que atuou sobre suas provisões e sua dívida.

No âmbito operacional, a petrolífera registrou melhora. A companhia viu sua produção crescer 34% no ano, tendo produzido em média, 31,3 mil barris por dia, ante 23,43 mil no mesmo período do ano passado.

A PetroRio  explica que diferença é justificada, principalmente, pela performance do campo de Tubarão, que passou a funcionar a partir do terceiro trimestre do ano passado, e do aumento da participação em 30% da companhia no Campo de Frade, fatia adquirida da Petrobras (PETR4) em uma operação concluída em fevereiro deste ano.

Com informações do Estadão Conteúdo

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião