AGENDA

Petrobras (PETR4) pagará dívida de R$ 1,3bi referente à migração em acordo com a Petros

Petrobras (PETR4) pagará dívida de R$ 1,3bi referente à migração em acordo com a Petros
Petrobras recentemente também vendeu sua participação no campo de Lapa - Foto: Divulgação

A Petrobras (PETR4) firmou acordo com a Fundação Petrobras e Seguridade Social (Petros) para pagar à vista a dívida reconhecida no processo de migração dos Planos PPSP-R e PPSP-NR para o Plano Petros-3.

A decisão foi informada por meio de comunicado ao mercado divulgado nesta quarta-feira (21). O valor da dívida da Petrobras era de R$ 1,3 bilhão, na data-base de 30/04/2021, e será atualizado atuarialmente até 31/07/2021, de acordo com os critérios contidos nos termos de migração dos planos da Petros.

“No período de 01/08/2021 até a data do efetivo pagamento, previsto para 09/09/2021, o montante final será corrigido pelas metas atuariais dos planos de origem (PPSP-R e PPSP-NR)”, diz o documento arquivado pela petroleira na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ou seja, apesar de em 30 de abril o valor da dívida da Petrobras somar montante de R$ 1,3 bilhão, de acordo com os critérios de migração, o montante deve ser corrigido pelas metas atuariais dos planos de origem.

Além, disso, o início de operacionalização do PP3 é previsto para o dia 1º de agosto de 2021.

Petrobras tem indicações para Conselho de Administração

Ainda nesta semana, a estatal recebeu ofício do Ministério de Minas e Energia com oito nomes indicados pelo governo federal para o seu Conselho de Administração. Os conselheiros devem ser eleitos já na próxima Assembleia Geral.

Na lista de indicados consta o nome do atual presidente, o General Joaquim Silva e Luna, que assumiu após a decisão da União de demitir Roberto Castello Branco.

Confira a lista dos indicados pelo Governo Federal para o conselho de administração da Petrobras:

  1. Eduardo Bacellar Leal Ferreira – recondução ao cargo de Conselheiro de Administração presidente do Conselho
  2. Joaquim Silva e Luna – recondução ao cargo de Conselheiro de Administração
  3. Ruy Flaks Schneider – recondução ao cargo de Conselheiro de Administração
  4. Sonia Julia Sulzbeck Villalobos – recondução ao cargo de Conselheiro de Administração, indicada para a vaga destinada ao Ministério da Economia
  5. Márcio Andrade Weber – recondução ao cargo de Conselheiro de Administração
  6. Murilo Marroquim de Souza – recondução ao cargo de Conselheiro de Administração
  7. Cynthia Santana Silveira – recondução ao cargo de Conselheira de Administração, selecionada em lista tríplice, elaborada por empresa especializada
  8. Carlos Eduardo Lessa Brandão – indicado ao cargo de Conselheiro de Administração, selecionado em lista tríplice, elaborada por empresa especializada

Cotação de PETR4

As ações da Petrobras fecharam o pregão de quarta-feira (21) cotadas a R$ 26,96, com alta de 1,2% no intradia ante uma queda de 2,57% no acumulado semanal.

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Manual 10 passos essenciais para se tornar um investidor de sucesso. Baixe Grátis!

Baixar agora!