Resultados do 2T22

Com Nubank (NUBR33) e Stone (STOC31) na carteira, Warren Buffett perde R$ 4,4 bi este ano

Com Nubank (NUBR33) e Stone (STOC31) na carteira, Warren Buffett perde R$ 4,4 bi este ano
Warren Buffett preside o Conselho e é CEO da Berkshire Hathaway

Nem só de ganhos vive o megainvestidor Warren Buffett, que perdeu R$ 4,4 bilhões este ano com as duas únicas empresas brasileiras em seu portfólio. As fatias da Berkshire Hathaway (BERK34) no Nubank (NUBR33) e na Stone (STOC31) desvalorizaram com o desempenho das ações das duas companhias no setor de tecnologia devido a alta de juros no mundo e a economia brasileira. A informação foi divulgada pelo jornal O Estado de S.Paulo.

Entre as duas companhias brasileiras a maior queda na carteira de investimentos de Warren Buffett foi do Nubank. Somente neste ano a fintech caiu 64%. Com as quedas acumuladas, o banco digital, que já tinha sido considerado o banco mais valioso da América Latina, possui atualmente uma capitalização de mercado de US$ 17,3 bilhões, cerca de R$ 83,4 bilhões na cotação cambial do dia.

Isso significa que caiu diversas posições na lista dos bancos com os maiores valores de mercado, para o sexto lugar, atrás de:

  • Itaú (ITUB4): R$ 233,3 bilhões
  • Bradesco (BBDC3, BBDC4): R$ 194,2 bilhões
  • Santander (SANB11): R$ 126,9 bilhões
  • Banco do Brasil (BBAS3): R$ 110,0 bilhões; e
  • BTG Pactual (BPAC11): R$ 99,3 bilhões.

É válido lembrar que Buffett investe no Nubank antes da chegada do banco digital à Bolsa em 2021. O megainvestidor ainda decidiu manter suas posições na fintech.

Warren Buffett vendeu parte de sua posição na Stone

As ações da Stone desabaram no ano passado com os problemas na concessão de crédito. Em 31 de dezembro, as ações da empresa de maquininhas na bolsa americana Nasdaq eram negociadas a US$ 16,86, após a máxima histórica de US$ 94,09 em fevereiro de 2021, o que representou uma queda de 82,1%. Agora a companhia está em busca de virar esta página com o relançamento das linhas de crédito e reajustes de preços aos clientes.

Com isso, em 2021, a Berkshire decidiu vender parte de sua posição. Mas este ano manteve intacto os investimentos na companhia.

O Nubank e a Stone são uma pequena fração dos investimentos de Warren Buffett que hoje somam cerca de R$ 1,6 trilhão.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO