Moderna indica resultados promissores em vacina contra covid-19

A companhia de biotecnologia Moderna (NASDAQ: MRNA) informou nesta quarta-feira (26) que sua vacina potencial contra o coronavírus (covid-19) gerou uma resposta imune promissora em pacientes idosos no estágio inicial do teste clínico.

A empresa testou sua vacina em 10 adultos, com idades entre 56 e 70, e 10 idosos com 71 anos ou mais, indicou a Moderna. Cada participante recebeu duas doses de 100 mg da vacina, com um intervalo de 28 dias entre cada dose.

Os voluntários produziram anticorpos neutralizantes, que os pesquisadores acreditam serem necessários para construir imunidade ao vírus, disse a Moderna em seus resultados, que ainda não foram publicados em nenhuma revista médica. Além disso, os anticorpos produzidos foram maiores do que aqueles observados em pessoas que puderam se recuperar do Covid-19.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

A empresa também disse que a vacina também pareceu ser bem tolerada pelos pacientes, sem causar eventos adversos graves. Alguns pacientes relataram fadiga, calafrios, dores de cabeça e dor no local da injeção, embora a maioria dos sintomas tenha desaparecido em dois dias, disse a empresa.

As ações da Moderna subiram quase 6% nas negociações intraday no pregão desta quarta-feira. A empresa realizará uma teleconferência nesta tarde para discutir os resultados.

Trump compra 100 mi de doses de potencial vacina da Moderna

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta terça-feira (11) que firmou uma acordo com a companhia de biotecnologia Moderna para a compra e entrega de 100 milhões de doses de uma potencial vacina contra a covid-19.

O mandatário estadunidense relembrou que há, atualmente, três vacinas na fase 3 de ensaios clínicos, a última antes de uma possível aprovação. Segundo Trump, além desse acordo, já existem parcerias com as empresas Johnson&Johnson, Sanofi e GSX para a produção de vacinas em grande escala. “E eles estão indo muito bem em suas pesquisas. Estão anos adiantados em seus cronogramas”, alegou.

“Estamos perto de produzir 100 milhões de doses logo, e mais 500 milhões de doses pouco depois”, garantiu o presidente. Ele diz que o Exército está “a postos para garantir uma rápida distribuição assim que alguma delas estiver totalmente aprovada pelo FDA, e estamos bem perto disso”, afirmou o republicano.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

Daniel Guimarães

Compartilhe sua opinião