Semana do Fiagro

Lojas Renner (LREN3) pagará R$ 159 milhões em JCP; veja valor por ação

Lojas Renner (LREN3) pagará R$ 159 milhões em JCP; veja valor por ação
Lojas Renner (LREN3). Foto: Divulgação

A Lojas Renner (LREN3) comunicou nesta quinta-feira (23) que vai pagar R$ 159 milhões em Juros Sobre Capital Próprio (JCP) aos seus acionistas.

Segundo fato relevante, o valor dos proventos por ação será de R$ 0,16, que serão pagos a partir do dia 11 de julho de 2022.

Apenas os investidores com ações das Lojas Renner no dia 28 de junho poderão receber os rendimentos. A partir do dia 29 de junho, as ações serão negociadas sem direito aos dividendos.

Segundo documento arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), esses proventos fazem parte dos dividendos obrigatórios do exercício de 2022, referentes ao segundo trimestre da companhia.

O valor dos JCP terá retenção do imposto de renda na fonte, com alíquota de 15%, resultando em aproximadamente R$ 0,13 por ação.

A Renner também informou que o JCP que havia sido aprovado pelo conselho em março de 2022, referente ao primeiro trimestre no valor total de R$ 141,4 milhões, será também a partir de 11 de julho de 2022. Anteriormente, a data de pagamento seria determinada na Assembleia Geral Ordinária (AGO) de 2023.

JCP da Renner

  • Valor total: R$ 159.008.856,93
  • Valor por ação: R$ 0,164187
  • Data de corte: 28 de junho
  • Data do pagamento: a partir do dia 11 de julho
  • Rendimento (dividend yield): 2,10%

Leia também

Lojas Renner teve lucro de R$ 191 milhões e salto nas vendas no 1T22

As Lojas Renner (LREN3) reverteu o prejuízo e mostrou lucro de R$ 191,6 milhões no primeiro trimestre de 2022. Em igual período do ano passado, a empresa registrou resultado negativo de R$ 147,7 milhões.

O lucro das Lojas Renner superou o primeiro trimestre de 2019, último ano da varejista antes do início da pandemia que provocou o fechamento das lojas no início do ano seguinte.

Segundo a varejista, o maior lucro vem de uma melhoria operacional e de redução nos gastos com impostos com o aumento da distribuição de juros sobre o capital próprio. Soma-se a isso, o desempenho financeiro favorável e incentivos ficais ao investimento.

receita líquida do varejo saltou 63% na comparação anual, para R$ 2,23 bilhões. As vendas em mesmas lojas (SSS) subiu 59,5%, após dois anos de resultado negativo com as restrições para combate à pandemia.

O trimestre foi marcado por um fluxo menor nas lojas em janeiro, com o receio do avanço da variante ômicron da covid-19. De acordo com a companhia, o movimento melhorou em fevereiro, com resultado forte em março.

Ebitda ajustado do varejo alcançou R$ 298 milhões, contra um valor negativo de R$ 37,8 milhões no primeiro trimestre do ano passado.

Cotação

No pregão de hoje, a cotação das ações da Lojas Renner subiu 1,62%, cotada a R$ 23,85. No ano, o papel acumula alta de 3,34%.

Victória Anhesini

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO