Libra: Facebook poderia deixar a moeda digital pelo bem do projeto, diz Zuckerberg

O presidente e executivo-chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, disse, nesta quinta-feira (24), que sua rede social poderia deixar a Libra Association caso não receba aprovação regulatória dos Estados Unidos.

Em audiência de cerca de seis horas no congresso, Zuckerberg afirmou: “Se eu sentir que o Facebook não pode fazer parte disso, o Facebook não fará parte”. Além disso, afirmou que a Libra Association seria capaz de continuar funcionando sem o envolvimento de sua maior companhia.

A audiência começou com uma declaração de abertura da Representante do Congresso Maxine Waters, que listou as várias preocupações que ela e outros membros tinham relacionadas à Libra.

Waters afirmou a Zuckerberg que o Congresso “abriu uma discussão séria” sobre o Facebook e pediu uma “moratória” em todo o projeto.

No entanto, Zuckerberg repassou as preocupações ditas por Waters, com o CEO dizendo que entende as preocupações do legislativo com a Libra. Contudo, Zuckerberg realçou aos membros do comitê de que, sufocando inovações como a moeda digital, seu maior rival, China, estaria obtendo grande vantagem.

Carta de oficialização da Libra

A Libra Association, a organização que coordena a moeda virtual do Facebook, teve sua carta de oficialização assinada em 15 de outubro por 21 organizações, dentre elas:

  • Uber,
  • Coinbase,
  • Lyft
  • Vodafone.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-2-1.png

A reunião para a assinatura, que ocorreu em Genebra, na Suíça,  definiu que representantes das 21 organizações participantes se tornaram membros iniciais do Conselho da Libra. O órgão é a principal estrutura de governança na Associação.

Além disso, o Conselho nomeou uma equipe de administração, composta por cinco membros:

  • Mathhew Davie (diretor de estratégia da Kiva);
  • Patrick Ellis (conselheiro geral da PayU);
  • Katie Haun;
  • David Marcus (executivo-chefe da Calibra);
  • Wences Casares (executivo-chefe da Xapo).

Em comunicado, a moeda do Facebook informou que: “a Associação Libra confirmou que mais de 1.500 entidades manifestaram interesse em participar do esforço do projeto Libra, e aproximadamente 180 entidades atenderam aos critérios preliminares da associação”.

Rafael Lara

Compartilhe sua opinião