Klabin (KLBN11) tem prejuízo de R$ 191 milhões no 3T20; volumes crescem

Klabin (KLBN11) tem prejuízo de R$ 191 milhões no 3T20; volumes crescem
A Klabin (KLBN11) informou que irá propor aos seus acionistas a incorporação da subsidiária Riohold Papel e Celulose.

A Klabin (KLBN11) registrou um prejuízo de R$ 191 milhões no terceiro trimestre de 2020. A fabricante de celulose reverteu o lucro líquido de R$ 207,4 milhões registrado no mesmo período no ano passado.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

A receita líquida teve crescimento de 25%, em comparação com o ano passado, alcançando R$ 3,1 bilhões. O volume de vendas totalizou 910 mil toneladas, alta de 14%, devido a diversificação de produtos. Já o Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 1,23 bilhões, queda de 12% na comparação anual.

As despesas com vendas foram de R$ 296 milhões no período, equivalente a 9,5% da receita líquida no trimestre. Segundo a companhia, esse valor tem se mantido no mesmo patamar verificado nos últimos trimestres.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O endividamento líquido alcançou R$ 21 bilhões, crescimento de 39% em comparação com o mesmo período em 2019. De acordo com a fabricante de celulose, esse aumento é devido ao impacto negativo da variação cambial sobre a dívida em dólar. “Esse impacto, que não acarreta efeito caixa , foi parcialmente compensado pela geração de caixa no período”.

No terceiro trimestre do ano passado o dólar ficou em média de R$ 3,97, já neste ano a média ficou em R$ 5,38. Esses valores representam um aumento de aproximadamente 35%.

Com o aumento no endividamento líquido, a alavancagem financeira da Klabin, mensurada pela relação Dívida Líquida/Ebitda Ajustado medida em dólares, que reflete o perfil de alavancagem da fabricante, aumentou de 3,6 vezes no segundo trimestre para 4,0 vezes. Um ano antes, a alavancagem era de 3,1 vezes.

Em reais, a alavancagem chegou a 4,6 vezes, ante 4,4 vezes no trimestre anterior e 3,4 vezes um ano antes.

Apesar da variação cambial aumentar a dívida da fabricante, a desvalorização do real impactou positivamente a receita líquida, “beneficiando as exportações da Klabin e as vendas de celulose cujo receita é 100% atrelada ao dólar, inclusive o mercado doméstico”.

O fluxo de caixa livre no trimestre foi de R$ 600 milhões. Já o Fluxo de Caixa Livre Ajustado foi de R$ 4 bilhões nos últimos doze meses.

Ao longo do terceiro trimestre, a Klabin investiu R$ 1,3 milhões em suas operações e em projetos de expansão. Do montante total, R$ 88 milhões foram destinados às operações florestais e R$ 104 milhões investido na continuidade operacional das fábricas.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião