DIVIDENDOS

Kepler Weber (KEPL3) pagará R$ 21,4 milhões em JCP

Kepler Weber (KEPL3) pagará R$ 21,4 milhões em JCP
Kepler Weber. Foto: Reprodução Facebook

A Kepler Weber (KEPL3), companhia de armazenagem de grãos, aprovou a distribuição de R$ 21.478.159,87 em juros sobre o capital próprio (JCP), que serão imputados ao dividendo obrigatório relativo ao exercício de 2021.

O montante total corresponde a pouco mais de R$ 0,7080 por ação da Kepler Weber, já desconsiderando as ações em tesouraria. No entanto, o valor dos juros sobre o capital próprio está sujeito ao imposto de renda na fonte à alíquota de 15%.

Os acionistas que terão direito de receber os proventos são aqueles que tiverem ações da companhia ao final do pregão do dia 28 de junho desse ano, ao passo que os papeis serão negociados “ex-JCP” a partir do dia 29 de junho.

Os juros sobre capital próprio serão pagos em uma parcela  no dia 9 de julho desse ano.

Vale lembrar que a Kepler Weber lucrou R$ 17,2 milhões no primeiro trimestre desse ano, uma alta de 96,7% ante os R$ 8,7 milhões registrados no mesmo período do ano passado.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 32,9 milhões, 88,1% superior ao obtido em igual intervalo de 2019. O desempenho foi reflexo da melhora do nível de atividade e da estratégia de recomposição de preços, alinhados à gestão de custos e despesas, disse a companhia de armazenagem de grãos.

A receita líquida da empresa atingiu R$ 236,2 milhões no primeiro trimestre, 85,3% acima do apurado em igual período de 2020. A margem líquida atingiu 7,3%, aumento de 0,4 ponto porcentual na comparação ano a ano.

Nas palavras da empresa, “as condições macroeconômicas favoráveis como commodities agrícolas em alta, real depreciado e clientes com maior poder econômico, alavancaram o desempenho da companhia em praticamente todos os nossos negócios, com maior destaque para o segmento de Armazenagem“.

Última cotação da Kepler Weber

A ação da Kepler Weber (KEPL3) encerrou o pregão de hoje em alta de 6,76%, valendo R$ 57,01. No ano, o papel conta acumula uma alta de 50,03%, frente ao fechamento a R$ 38 ao final de dezembro do ano passado.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião

Receba os destaques que irão movimentar o cenário econômico antes da abertura do mercado.

Inscreva-se