IFIX quebra sequência de altas; BRCO11 estende contrato com Mercado Livre (MELI34)

IFIX quebra sequência de altas; BRCO11 estende contrato com Mercado Livre (MELI34)
Foto: Reprodução Bresco Logística

O IFIX, Índice de Fundos Imobiliários da  B3 (B3SA3), terminou a sessão desta quinta-feira (20) em leve queda de 0,07%, aos 2.804,99 pontos.

A cotação do IFIX hoje encerrou a sequência de resultados positivos do índice nos últimos dias. Foram sete altas consecutivas até a queda de hoje. No ano, o índice está no zero a zero.

As maiores altas do dia ficaram com o BLMG11 e o CPFF11, enquanto as principais quedas do IFIX foram do VIFI11 e do BTAL11.

Além disso, alguns fundos imobiliários ficaram no radar dos investidores por terem novidades. É o caso do BRCO11, que celebrou um aditamento do contrato com o Mercado Livre (MELI34) para expandir o refeitório no Bresco Bahia.

Será necessário um investimento de R$ 7,2 milhões, pagos pelo Fundo via alavancagem com Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs). O valor do aluguel da expansão representa uma Cap Rate de 15% e, aproximadamente, R$ 0,01 por cota.

Além disso, o contrato com o Mercado Livre foi estendido até 08 de abril de 2026.

Outras notícias sobre FIIs nesta quinta

VINO11 captou 1,10% do montante estimado para sua nova oferta de cotas durante o Período de Preferência. Com isso, foram subscritas e integralizadas 56.141 novas cotas, somando uma captação de R$ 3,09 milhões.

O saldo restante de 5,034 milhões de novas cotas será objeto da Oferta Restrita, ou seja, somente para investidores qualificados.

PQDP11 HPDP11: O Shopping Parque Dom Pedro foi afetado por chuvas fortes, alagando alguns corredores e lojas. Os Fundos ainda não contabilizaram os danos, mas não houve registro de incidente envolvendo consumidores ou colaboradores.

O FII CJCT11 convocou uma assembleia para deliberar sobre a proposta de venda de alguns imóveis do Fundo por R$ 57,1 milhões.

FIIs pagam dividendos

Os investidores também acompanharam os pagamentos de dividendos de hoje. Confira quais foram:

  • HCRI11 pagou R$ 2,4955  por cota;
  • MGCR11 pagou R$ 1,00 por cota;
  • MORE11 pagou R$ 0,70 por cota;
  • NAVT11 pagou R$ 0,60 por cota;
  • PQDP11 pagou R$ 16,3952 por cota;
  • RCFF11 pagou R$ 0,8269 por cota;
  • SHDP11B pagou R$ 4,0335 por cota;
  • TRNT11 pagou R$ 0,5989 por cota;
  • APTO11 pagou R$ 0,0315 por cota;
  • BLCP11 pagou R$ 0,52 por cota;
  • BRLA11 pagou R$ 0,9946 por cota;
  • DOVL11B pagou R$ 0,2694 por cota;
  • ELDO11B pagou R$ 6,74 por cota;
  • FINF11 pagou R$ 0,3048 por cota;
  • GCFF11 pagou R$ 0,7920 por cota;
  • GCRI11 pagou R$ 1,38 por cota.

Veja também as maiores altas e baixas do dia:

Maiores altas do IFIX:

BLMG11: +2,54% / R$ 97,00
CPFF11: +1,75% / R$ 71,65
GGRC11: +1,58% / R$ 119,29
CVBI11: +1,20% / R$ 103,00
HSAF11: +1,18% / R$ 94,40

Maiores baixas do IFIX:

VIFI11: -2,93%/ R$ 76,51
BTAL11: -2,13% / R$ 93,33
JSRE11: -2,01% / R$ 78,40
XPML11: -1,91% / R$ 92,60
BRCO11: -1,82% / R$ 98,99

O que é o IFIX

O IFIX é um indicador criado pela Bolsa de Valores de São Paulo (B3) e tem como objetivo a medição da performance de uma carteira composta por cotas de Fundos Imobiliários.

Monique Lima

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO