Ibovespa sobe 0,7% e fecha aos 108 mil pontos; BTG Pactual (BPAC11) e outros bancos lideram os ganhos

Ibovespa encerrou o pregão desta segunda-feira (13) em alta de 0,70% aos 108.836,47 pontos, após oscilar entre 107.419,59 e 109.192,911. 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

A bolsa de valores hoje subiu com o impulso dos ativos bancários, que lideraram as altas do dia. Isso porque o BTG Pactual (BPAC11), apesar das provisões para o rombo de Americanas (AMER3), apresentou bons números, subiu e puxou o setor como um todo.

Bradesco (BBDC4) teve a maior alta entre os ativos bancários, avançando 3,55%. Outros ganhos foram do Santander (SANB11) em 0,63%, do Itaú (ITUB4), que ganhou 3,53%, e do Banco do Brasil (BBAS3) com alta de 0,577%.

“Mesmo em um cenário mais desafiador, o banco continua crescendo praticamente todas as linhas de receita. O resultado positivo do BTG somado a boa expectativa do mercado com relação ao resultado de Banco do Brasil (a ser divulgado hoje depois do pregão) estão ajudando no desempenho positivo do setor”, explica João Bertelli, sócio da A7 Capital.

Ainda na ponta positiva do Ibov de hoje, também subiram BRF (BRFS3), com ganhos de 7,63%, Via (VIIA3), em alta de 5,37%, e Grupo Soma (SOMA3), que avançou 4,3%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

Já entre as quedas do Ibovespa, a Azul (AZUL4) foi impactada pela notícias de que está negociando dívidas com arrendadores de aviões e bancos, e teve um recuo de 4,31%. Enquanto isso, a 3R Petroleum (RRRP3) recuou 2,89% em compasso com a queda do petróleo na cotação internacional.

A ponta negativa do Ibov teve ainda o Meliuz (CASH4), que perdeu 3,09%, a CVC (CVCB3), com baixa de 1,85%, e a Minerva (BEEF3), que recuou 1,67%.

Entre as blue chips, houve mais um dia de volatilidade. Os ativos preferencias e ordinários da Petrobras (PETR4;PETR3) avançaram 0,30% e 0,50, respectivamente. Já a Vale (VALE3), mais uma vez, oscilou durante o pregão acabou o dia com perda de 0,10%.

Sob o ponto de vista político-econômico, a participação do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, no programa Roda Viva, da TV Cultura, está no radar dos investidores. Isso porque a instituição, seu comandante e a atual taxa de juros têm sido alvo de críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Mercado internacional

No pregão desta segunda-feira, o Dow Jones subiu 1,11% (34.246,32 pontos), a S&P ganhou 1,15% (4.137,40) e a Nasdaq avançou 1,48% (11.891,79). Já o dólar à vista fechou baixa de 0,87%, a R$ 5,1765, após oscilar entre R$ 5,1606 e R$ 5,2288.

Enquanto isso, as bolsas europeias tiveram fecharam o dia em alta. Confira:

  • Frankfurt (DAX): +0,58%
  • Lisboa (PSI 20): -0,90%
  • Londres (FTSE 100): +0,83%
  • Madri (IBEX 35): +0,98%
  • Milão (FTSE MIB): +0,63%
  • Moscou (MOEX): +0,12%
  • Paris (CAC 40): +1,11%

Em relação às commodities, os preços do petróleo fecharam em queda. O petróleo WTI para março fechou em baixa de 1,09%, a US$ 78,84 o barril. Enquanto isso, o Brent para abril caiu 0,97%, a US$ 85,55 o barril.

Os contratos futuros de minério de ferro de Dalian também recuaram nesta segunda-feira. A commodity fechou em baixa de 2,21%, a US$ 123,28 a tonelada.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop-1.jpg

Notícias que movimentaram a Bolsa de Valores hoje

  • IRB Brasil: ações serão leiloadas após grupamento
  • Mais dois executivos deixam Marisa (AMAR3)
  • BTG Pactual diz que foi “vítima de fraude”

IRB Brasil: ações serão leiloadas após grupamento

IRB Brasil (IRBR3) informou que no dia 25 de janeiro de 2023 foi efetivado o grupamento da totalidade de cerca de 2,468 bilhões de ações ordinárias da companhia, na proporção de 30 para 1.

Segundo o IRB Brasil, as frações de ações resultantes do grupamento foram apuradas e agrupadas em números inteiros, resultando em 135.497 ações ordinárias que serão alienadas em leilão na B3.

Esse leilão vai ocorrer amanhã, 14 de fevereiro, tendo início às 17h55 e encerrando às 18h00.

Mais dois executivos deixam Marisa

Marisa (AMAR3) perdeu mais dois executivos enquanto vive uma crise financeira e tenta renegociar R$ 600 milhões em dívidas.

Marcelo Doll Martinelli e Dilson Batista dos Santos Filho, respectivamente presidente e membro independente do Conselho de Administração da varejista, renunciaram aos seus cargos.

Em comunicado enviado à CVM, a empresa informou que os cargos serão ocupados respectivamente por João Pinheiro Nogueira Batista e Luis Paulo Rosenberg até a próxima assembleia geral da Marisa.

BTG Pactual diz que foi “vítima de fraude”

Um dos principais credores da Americanas (AMER3), o BTG Pactual (BPAC11) disse que foi “vítima de fraude” da companhia. Roberto Sallouti, CEO do banco, desabafou sobre o caso nesta segunda (13), sem citar nominalmente a varejista.

“Fomos vítimas, afetados por uma fraude corporativa”, argumentou Sallouti durante a apresentação dos resultados do quarto trimestre de 2022 do BTG Pactual.

Durante a teleconferência com os analistas do mercado financeiro, o executivo ressaltou que o caso Americanas é uma situação isolada na carteira do banco.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png

Maiores altas do Ibovespa

  • BRF SA (BRFS3): +7,63%
  • Via (VIIA3): +5,37%
  • Grupo Soma (SOMA3): +4,3%
  • Bradesco (BBDC4): +3,55%
  • Itaú (ITUB4): +3,53%

Maiores baixas do Ibovespa

  • Azul (AZUL4): -4,31%
  • Meliuz (CASH4): -3,09%
  • 3R Petroleum (RRRP3): -2,89%
  • CVC (CVCB3): -1,85%
  • Minerva (BEEF3): -1,67%

Fechamento dos outros índices brasileiros

  • Small Caps (SMLL): +0,41%
  • BDRs (BDRX): +0,20%
  • Fundos Imobiliários (IFIX): -0,40%

Cotação do Ibovespa nesta segunda-feira (13)

Ibovespa fechou o pregão desta segunda-feira (13) em alta de 0,70% aos 108.836,47 pontos.

Janize Colaço

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno