Ibovespa abre em alta com IPCA; Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4) sobem, Sabesp (SBSP3) cai, Magazine Luiza (MGLU3) avança e dólar recua

O Ibovespa abriu a sessão desta sexta-feira (10) em alta, e por volta das 10h20, o índice avançava 0,51%, aos 128.841 pontos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/1420x240-Banner-Home.png

O petróleo opera em alta nesta manhã e a Petrobras vai na mesma direção: Petrobras ON (PETR3), +0,45% a R$ 44,67 e Petrobras PN (PETR4), +0,79% a R$ 42.

Já o minério de ferro fechou em +0,34% nesta madrugada em Dalian, na China. A Vale (VALE3), por sua vez, avança 0,36% a R$ 64,74.

A maior alta do Ibov no início de sessão é da Alpargatas (ALPA4), +8,23% a R$ 10,78. Allos (ALOS3), +4,52% a R$ 21,47, e Magazine Luiza (MGLU3), +4,19% a R$ 1,74, completam o top-3.

Na ponta negativa do índice Bovespa, Locaweb (LWSA3) lidera as perdas com -4,87% a R$ 4,90, seguida por Pão de Açúcar (PCAR3), -1,60% a R$ 3,08 e Suzano (SUZB3), -1,20% a R$ 52.

Destaque também para empresas que divulgaram seus balanços, como CSN (CSNA3), +2,81% a R$ 14,27; Sabesp (SBSP3), -0,63% a R$ 78,70 e B3 (B3SA3), +1,61% a R$ 11,38.

No radar dos investidores

O Ibovespa hoje deve repercutir o IPCA, dado oficial de inflação no Brasil. Em abril, o indicador registrou alta de 0,38%, ante avanço de 0,16% em março e de 0,61% em abril de 2023. Apesar de ter vindo ligeiramente acima das expectativas do mercado, essa foi a menor taxa para um mês de abril desde 2021, quando o IPCA subiu 0,31%.

Além disso, os investidores ficam de olho na temporada de balanços. Nesta sexta-feira, números de empresas como Magazine Luiza (MGLU3), CSN (CSNA3), Sabesp (SBSP3) e B3 (B3SA3) podem fazer preço no mercado.

Maiores altas e baixas do Ibovespa

Cotação do dólar

A cotação do dólar hoje recua 0,08% a R$ 5,1371.

O dólar hoje opera em leve queda, em movimento de correção após a alta da véspera e na contramão do avanço dos treasury yields nos Estados Unidos.

Bolsas asiáticas fecham em alta seguindo Wall Street

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta sexta-feira (10), acompanhando ganhos em Wall Street que vieram em meio a esperanças renovadas sobre cortes de juros nos EUA.

Liderando o viés positivo na Ásia hoje, o índice Hang Seng saltou 2,30% em Hong Kong, a 18.963,68 pontos, atingindo o maior patamar desde agosto do ano passado, também impulsionado por reportagem da Bloomberg afirmando que a China considera isentar investidores individuais do pagamento de impostos sobre dividendos obtidos com ações de Hong Kong compradas por meio do esquema de negociação ‘Stock Connect’.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Em outras partes da região asiática, o japonês Nikkei subiu 0,41% em Tóquio, a 38.229,11 pontos, o sul-coreano Kospi avançou 0,57% em Seul, a 2.727,63 pontos, e o Taiex garantiu alta de 0,72% em Taiwan, a 20.708,84 pontos.

Já na China continental, o Xangai Composto ficou praticamente estável, com alta marginal de 0,01%, a 3.154,55 pontos, e o Shenzhen Composto recuou 0,71%, a 1.783,77 pontos, em clima de cautela antes de números domésticos de inflação a ser divulgados no fim da noite de hoje, pelo horário de Brasília.

A predominância do apetite por risco na Ásia veio após as bolsas de Nova York subirem de forma generalizada ontem, à medida que dados mais fracos do mercado de trabalho dos EUA reforçaram esperanças de que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) começará a reduzir juros na segunda metade do ano.

Na Oceania, a bolsa australiana foi também favorecida por Wall Street. O S&P/ASX 200 avançou 0,35% em Sydney hoje, a 7.749,00 pontos, ajudado pelo bom desempenho de ações de bancos.

Último fechamento do Ibovespa

O Ibovespa encerrou a sessão de ontem (09) em queda de 1%, aos 128.188,34 pontos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Guilherme Serrano Silva

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno