Hapvida (HAPV3) pagará R$ 45,72 milhões em JCP aos acionistas, em 22 de outubro

Hapvida (HAPV3) pagará R$ 45,72 milhões em JCP aos acionistas, em 22 de outubro
Hapvida segue como uma das principais apostas do BTG para o setor de saúde - Foto: Divulgação

A Hapvida (HAPV3) pagará R$ 45,72 milhões em juros sobre capital próprio (JCP), correspondente ao valor bruto de R$ 0,0117 por ação, de acordo com aviso aos acionistas divulgado na noite de quarta-feira (22).

Segundo o documento, o valor pago em JCP da Hapvida será imputado ao dividendo mínimo obrigatório do exercício social de 2021.

Os JCPs da Hapvida serão distribuídos aos acionistas detentores das ações HAPV3 na data-base de 27 de setembro de 2021. As ações passarão a ser negociadas “ex-JCP” no dia seguinte, em 28 de setembro de 2021.

De acordo com o aviso aos acionistas, o pagamento do JCP ocorrerá em 22 de outubro de 2021 e está sujeito à incidência de 15% de imposto de renda na fonte, exceto aos acionistas comprovadamente imunes ou isentos.

Hapvida é citada na CPI da Covid

Os papéis da Hapvida despencaram na quarta-feira (22), após a empresa de plano de saúde ser citada na sessão da CPI da Covid por Pedro Benedito Batista Júnior, diretor da Prevent Senior.

Quando questionado pelos senadores a respeito da política de “obediência e lealdade” na Prevent Senior, Batista Júnior afirmou que a expressão era usada em 2017 por um ex-diretor da empresa, Anderson Nascimento, que hoje trabalha para a Hapvida.

Em meio à polêmica, o conselho de administração do Hapvida recebeu uma carta de renúncia do vice-presidente comercial e de relacionamento Candido Pinheiro Koren de Lima Junior, um dos controladores da companhia, com efeito a partir de dezembro de 2021.

Representantes da Hapvida podem ser intimados pelos senadores a prestarem depoimento em breve.

O caso da Prevent Senior está relacionado ao escândalo de ocultação de mortes de pacientes em um estudo realizado para testar o tratamento precoce de Covid-19, que não tem comprovação científica. O diretor da Prevent Senior disse que ex-funcionários manipularam dados de pacientes da empresa.

Última cotação

Após o escândalo na CPI, a cotação da Hapvida fechou em queda de 3,78% na quarta-feira (22), com as ações HAPV3 valendo R$ 14,59.

Na abertura da bolsa de valores nesta quinta (23), as ações da Hapvida permaneceram em queda, de 0,48% às 10:10, sendo negociadas a R$ 14,53.

Monique Lima

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores FIIS

Baixar agora!