Patrocinado por:

GOL (GOLL4) precifica oferta internacional de US$ 300 mi em senior notes

GOL (GOLL4) precifica oferta internacional de US$ 300 mi em senior notes
Gol. Foto: Divulgação

A Gol (GOLL4) informou que sua subsidiária Gol Finance precificou uma oferta internacional de US$ 300 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão) em notes senior adicionais com juros remuneratórios de 8% ao ano e com vencimento em 2026.

Segundo o fato relevante da companhia, essa emissão é uma parte adicional e consolidada com as notes emitidas em dezembro de 2020 no valor total de US$ 200 milhões. A Gol informou que a agência de risco Moody’s atribuiu um rating de B2 aos notes, o que significa altamente especulativo.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

A companhia aérea utilizará os recursos oriundos da oferta para finalidades corporativas em geral, incluindo o gerenciamento de passivos e aquisições oportunas de aeronaves.

“Os compradores das notes adicionais deverão pagar os juros acumulados de 23 dezembro de 2020 (inclusive) até a data da entrega das notes adicionais (exclusive), as quais esperamos que sejam entregues até 11 de maio de 2021″, informou o documento.

As notes terão vencimento em 30 de junho de 2026 e poderão ser liquidadas antecipadamente a partir de 24 de dezembro de 2022.

Gol está pronta para uma recuperação acentuada, segundo Sachs

No mês passado, a Gol divulgou seu resultado e apresentou ao mercado um prejuízo de R$ 2,53 bilhões, contra déficit de R$ 2,28 bilhões no primeiro trimestre de 2020. Apesar do prejuízo, o Goldman Sachs mantém a classificação de compra para a aérea.

Em relatório, os analistas do Goldman Sachs afirmam acreditar que a Gol está pronta para uma recuperação acentuada, “uma vez que a atual onda de COVID-19 no Brasil se dissipa, com potencial ganho de market share da competição enfraquecida”.

Além disso, os analistas destacam que o anúncio da companhia sobre o aumento de capital, pode amenizar as preocupações do mercado  em relação a sua posição de liquidez. No entanto, o Goldman salienta que mesmo sem o aumento do capital social, suas projeções apontam que a aérea tem liquidez suficiente para cobrir sua dívida.

A classificação do Goldman Sachs para Gol é de compra, com preço-alvo em 12 meses de R$ 27,70.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião