Gol (GOLL4) anota prejuízo de R$ 135 milhões em janeiro; dívida chega a R$ 20,2 bi

A Gol (GOLL4) divulgou seu relatório operacional mensal, contendo informações financeiras do período de 1º de janeiro a 31 de janeiro de 2024, apresentadas ao Tribunal de Falências dos Estados Unidos, conforme exigido durante seu processo de Chapter 11. Os dados são preliminares e não foram auditados ou revisados por auditor da Gol.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

Segundo o comunicado, a empresa registrou prejuízo líquido de R$ 135 milhões em janeiro; Ebitda (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 682 milhões, com margem de 34%, e receita líquida de R$ 1,982 bilhão.

Naquele mês, a dívida líquida da Gol de R$ 20,21 bilhões em empréstimos e financiamentos, arrendamento e financiamentos DIP. O caixa e equivalente de caixa totalizavam R$ 2,151 bilhões e as contas a receber eram de R$ 1,052 bilhão.

A aérea destacou que as informações financeiras incluídas no relatório mensal da Gol, que será divulgado a partir de agora e enquanto durar seu processo de reestruturação, são apresentadas de acordo com a metodologia estabelecida pelo Código de Falências e outros regulamentos aplicáveis e não devem ser comparadas a demonstrações financeiras públicas divulgadas pela Gol que tenham sido preparadas de acordo com metodologias diferentes.

Os resultados financeiros relativos ao quarto trimestre da Gol serão divulgados na próxima quinta-feira, dia 28, como programado.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

Gol retira guidances de 2024 em meio à recuperação judicial

A Gol anunciou nesta segunda-feira (18) a retirada de suas divulgações de projeções (guidances) relativos ao ano de 2024, em decorrência do atual cenário da companhia.

Em recuperação judicial nos Estados Unidos, o Conselho de Administração da companhia aérea optou pela medida a fim de preservar a Gol em seu cenário atual.

“A decisão de retirar as referidas projeções (guidance) para o ano de 2024 decorre do atual cenário da companhia,” informou o comunicado oficial da GOLL4 à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Enquanto isso, a companhia se compromete em manter o mercado e seus acionistas informados de novas atualizações sobre o tema.

Recuperação judicial

Em 25 de janeiro, a Gol (GOLL4) entrou oficialmente com um pedido de recuperação judicial nos EUA, em procedimento chamado de Chapter 11, no Tribunal de Falências dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York.

No processo, a companhia aérea conseguiu aumentar seu financiamento de devedores em posse para US$ 1 bilhão, de US$ 950 milhões.

Entretanto, as dívidas da Gol são bem mais volumosas, segundo os documentos apresentados à Justiça dos EUA.

Ao fim do quarto trimestre de 2023, a Gol encerrou seu balanço com um endividamento de R$ 20,176 bilhões, praticamente estável em relação ao trimestre anterior (R$ 20,227 bilhões).

Com Estadão Conteúdo

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno