SEC: Ex-Goldman Sachs, Gary Gensler toma posse como novo presidente da agência

SEC: Ex-Goldman Sachs, Gary Gensler toma posse como novo presidente da agência
SEC. Foto: Reprodução Facebook

Gary Gensler, que já foi executivo do Goldman Sachs, assumiu o cargo de presidente da Securities and Exchange Comission (SEC), neste sábado (16).

Gensler foi indicado pelo presidente dos EUA, Joe Biden, e foi confirmado ao cargo pelo Senado com 53 votos a favor e 45 contra. Vale destacar que a SEC é o órgão norte-americano equivalente à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no Brasil.

“Como presidente, todos os dias serei animado por nossa missão: proteger os investidores, facilitar a formação de capital e promover mercados justos, ordeiros e eficientes. É essa missão que ajudou a tornar o mercado de capitais americano o mais robusto do mundo”, disse Gensler.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Após uma carreira no setor bancário americano, Gensler entrou para o serviço público e, em 2009, foi nomeado pelo ex-presidente Barack Obama para liderar a Commodity Futures Trading Commission (CFTC), ligada à SEC. Na agência, ele é creditado por ter feito reformas em mercados de derivativos, que ajudaram a dissipar as incertezas decorrentes da crise financeira global.

Durante audiências no Congresso, Gensler prometeu intensificar a supervisão regulatória dos mercados financeiros, incluindo a recente onda de abertura de capitais por meio das empresas de empresas de aquisição de propósito específico (SPACs), conforme mostrou reportagem do Broadcast.

Sobre a SEC

A Securities and Exchange Comission, também conhecida como SEC, é a agência responsável pela regulação e proteção do mercado de capitais nos Estados Unidos.

Além disso, a agência independente também tem como responsabilidade manter o funcionamento justo dos mercados de valores mobiliários através do monitoramento da operação das empresas.

A Securities and Exchange Comission foi criada pelo Congresso estadunidense em meados de 1934, e assim foi o primeiro regulador de nível federal dos mercados de valores mobiliários do País.

No entanto, a SEC não possui autoridade criminal, o que significa que quando há alguma irregularidade, seu papel é encaminhá-la para o Ministério Público Federal ou Estadual.

Com informações do Estadão Conteúdo

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião