Powell diz que ‘não está confiante’ sobre convergência de inflação à meta

O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, disse novamente nesta quarta (10) que a autoridade monetária dos EUA obteve bastante progresso no combate à inflação nos Estados Unidos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/1420x240-Banner-Home.png

Durante audiência na Câmara dos Representantes, Powell explicou que a política restritiva está atuando para esfriar a demanda, enquanto as restrições à oferta se normalizam.

Segundo ele, a política monetária está “funcionando da maneira como esperávamos”.

Jerome Powell afirmou hoje ter “alguma confiança” de que a inflação está arrefecendo.

No entanto, o dirigente disse ainda não está pronto para atestar confiança de que os índices de preços caminham “sustentadamente em direção à meta de 2%”.

Na audiência na Câmara dos Representantes dos EUA, Powell assegurou que a eventual decisão por corte de juros será definida pela “totalidade dos dados”, não apenas informações pontuais. O dirigente, contudo, reconheceu que um “inesperado enfraquecimento” do mercado de trabalho poderia justificar o relaxamento monetário.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Investindo-no-exterior.png

Powell acrescentou que o Fed não pretende esperar a inflação voltar precisamente à taxa de 2% para começar a reduzir juros. De acordo com ele, as oscilações inflacionárias tendem a ser voláteis e exibir defasagem. Por isso, esperar uma precisão nos preços poderia levar a um aperto monetário desnecessário.

Powell alertou ainda que a taxa neutro de juros pode estar mais alta no curto prazo do que antes da pandemia de covid-19.

Juros neutros estão mais altos do que antigamente, afirma Powell

Powell também reiterou que a autoridade monetária quer ter mais confiança de que a inflação caminha sustentadamente em direção à meta de 2% nos Estados Unidos antes de decidir por cortes de juros.

Powell lembrou que o Fed monitora de maneira mais detida a evolução do índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês). Segundo ele, a divergência entre o PCE e o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) tem estado mais alta do que o normal.

Com Estadão Conteúdo

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno