Powell: Mercado de trabalho aparenta estar no nível pré-pandemia

O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, afirmou nesta terça (9), que o mercado de trabalho americano parece ter retornado ao nível pré-pandemia “forte, sem aperto exagerado”.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

Em testemunho no Senado dos EUA, Powell comentou sobre o quadro macroeconômico americano no primeiro semestre de 2024.

Particularmente sobre o mercado de trabalho, o presidente do Fed citou os dados da leitura mais recente do payroll, o principal relatório de empregos dos EUA.

De acordo com ele, há “clara desaceleração significativa” do emprego, com vários subíndices de volta aos níveis de 2019, e equilíbrio entre oferta e demanda.

“Mas apesar desse arrefecimento, o mercado de trabalho continua forte e temos consciência de que precisamos protegê-lo”, disse, ao ser questionado pelos senadores.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

Powell diz que juros restritivos se mantém necessários

Powell reforçou que o Fed está atento aos riscos dos dois lados do mandato e que os juros restritivos continuam necessários para baixar a inflação e garantir a estabilidade de preços no longo prazo.

“Estamos comprometidos em cumprir nosso objetivo de retornar inflação à 2%”, afirmou o presidente, observando que os preços seguem acima dessa meta nos EUA.

Sobre a economia, Powell apontou que a atividade continua a expandir em ritmo sólido, junto a um desempenho ainda robusto de gastos com consumo e demanda doméstica privada. No entanto, ele nota que houve moderação no crescimento econômico e que os gastos com consumo têm aumentado em ritmo mais lento.

Com Estadão Conteúdo

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno