Fed: recuperação econômica aparentemente desacelerou em julho

Fed: recuperação econômica aparentemente desacelerou em julho
Federal Reserve (Fed)

O presidente do Federal Reserve (Fed) de St. Louis, James Bullard, informou nessa segunda-feira (3) que a recuperação econômica dos EUA, relacionada a recessão oriunda dos impactos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), parece ter desacelerado em julho após ter surpreendido positivamente nos dois meses anteriores.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Enquanto participava de um evento online organizado pela filial do Fed de St. Louis em Memphis, Bullard ainda destacou a improbabilidade da trajetória da recuperação econômica do país acontecer de forma uniforme a partir de agora.

O CEO também salientou que, ao que parece, o pior para a atividade econômica norte-americana aconteceu em abril.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Bullard do Fed indica que economia ainda pode se recuperar em 2020

Bullard, afirmou em meados de julho que, à medida que os EUA se adaptam à pandemia do coronavírus, é possível que haja uma recuperação sólida da economia e um declínio substancial da taxa de desemprego atual.

Em uma apresentação ao “Economic Club of New York”, Bullard ainda destacou que as previsões para o segundo trimestre, que sofreram o impacto econômico da pandemia, agora são menos negativas e o mercado de trabalho melhorou mais rapidamente do que o esperado. “As notícias macroeconômicas de maio e junho, divulgadas com atraso, parecem sugerir que abril será o ponto mais baixo da crise”, disse o presidente do banco central dos EUA.

Entretanto, a atitude otimista de Bullard sobre a economia não é compartilhada entre outros membros do banco central. Vários funcionários da instituição monetária disseram que casos crescentes de doenças relacionadas ao coronavírus aumentam a preocupação com as perspectivas econômicas. Várias autoridades disseram que vêem sinais de que a recuperação da economia pode estar paralisada, pois partes do país fecham novamente para reduzir a propagação do vírus.

O governador do Fed, Lael Brainard, ofereceu uma visão mais desanimadora em relação a Bullard. Brainard disse que “a incerteza permanecerá elevada enquanto a pandemia permanecer sobre a economia”, acrescentando que “a recuperação provavelmente enfrentará obstáculos à atividade reduzida, juntamente com a renda prejudicada entre muitos consumidores e empresas. ”

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião