Equatorial (EQTL3) vai pagar R$ 516,1 milhões em dividendos

A Equatorial Energia (EQTL3) informou que vai pagar R$ 516.198.688,66 em dividendos extraordinários aos seus acionistas, o equivalente a 0,44999346846 por ação ordinária. A empresa diz que a decisão foi tomada em assembleia geral ordinária e extraordinária nesta terça-feira (30).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

De acordo com condições estabelecidas, os dividendos complementares da Equatorial serão imputados aos dividendos obrigatórios a serem declarados com base no exercício de 2023. A companhia não divulgou quantos acionistas devem ser contemplados pelas ações ordinárias.

Os valores devem ser pagos em 10 de junho, em parcela única, aos acionistas que estão listados na base acionária da Equatorial ao término do pregão desta terça-feira (30). A partir desta quinta-feira (2), os papéis serão negociados como ex-dividendos.

No dia 25 deste mês, o conselho de administração da empresa aprovou o aumento do capital social em um valor correspondente ao dividendo distribuído. A operação deve ser realizada por meio de uma emissão privada de até 17.498.261 novas ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, segundo a Equatorial. Durante a emissão, cada ação foi avaliada em R$ 29,50, com base na cotação entre 13 de março e 24 de abril. Um deságio de 8,46% foi aplicado no processo.

  • Tipo: dividendo
  • Valor por ação: R$ 0,4499
  • Data de corte: 30 de abril
  • Valor bruto do dividendo: R$ 516.198.688,66
  • Rendimento (yield): 1,14%

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Equatorial: lucro líquido avança 20,6% no 4T23, para R$ 1,059 bi

A Equatorial, holding que atua nos segmentos de distribuição, transmissão, geração e comercialização de energia, além de serviços em saneamento e telecomunicações, reportou um lucro líquido ajustado de R$ 1,059 bilhão no quarto trimestre de 2023, alta de 20,6% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

receita operacional líquida da Equatorial saltou 42% no mesmo intervalo de tempo, para R$ 11,2 bilhões, enquanto o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) em base ajustada avançou 25,5%, para R$ 2,757 bilhões.

O resultado forte no 4T23 da Equatorial é explicado, principalmente, pela consolidação da Equatorial Goiás no trimestre, que adiciona R$ 858 milhões ao resultado.

“Além da consolidação da Equatorial Goiás, na variação entre trimestres, é importante destacar outros movimentos que contribuíram para o crescimento da margem nas demais distribuidoras, como o forte crescimento de mercado, melhora de perdas, aumento em outras receitas, que foi parcialmente compensado pela queda da tarifa fio-b”, destaca trecho do relatório.

Ainda no balanço da Equatorial, a dívida líquida encerrou dezembro em R$ 35,338 bilhões, montante 48,4% maior do que um ano antes. Já os investimentos somaram R$ 2,638 bilhões, elevação de 54,3% em base anual de comparação.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Murilo Melo

Compartilhe sua opinião