Empresa de Warren Buffett tem lucro recorde de US$ 37,57 bilhões; investidor comenta apostas para 2024

No quarto trimestre de 2023 (4T23), a Berkshire Hathaway (BERK34), empresa de Warren Buffett, registrou um lucro líquido de US$ 37,57 bilhões, resultando em lucro por ação (EPS) de US$ 26.043,00 para ações de classe A e de US$ 17,36 para as de classe B. Esses números superaram significativamente as expectativas dos analistas, que previam EPS de US$ 5.717,17 e US$ 3,81, respectivamente.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

Para o ano completo de 2023, o lucro líquido foi de US$ 96,223 bilhões, com EPS de US$ 66.412,00 para ações classe A e US$ 44,27 para ações classe B. O patamar mais alto era de US$ 89,9 bilhões estabelecido em 2021.

Em 2022, a empresa teve prejuízo líquido de US$ 22,759 bilhões. No entanto, no mesmo período de 2022 (4T22), o lucro líquido foi de US$ 18,080 bilhões, com EPS de US$ 12.355,00 e US$ 8,25 para ações classe A e B, respectivamente. 

Sobre o balanço da 4T23 da Berkshire, em carta, Warren Buffet instou os acionistas a focarem nos “lucros de operação”, em vez do lucro líquido. “A principal diferença entre o lucro líquido e o que a Berkshire prefere é que excluímos ganhos ou perdas de capital não realizados que por vezes podem exceder US$ 5 bilhões de dólares por dia”, explicou.

Quais empresas estão no radar Warren Buffett? 

O megainvestidor Warren Buffett disse que deve manter intocadas neste ano as posições da Berkshire Hathaway na American Express e Coca Cola, empresas que considera “negócios maravilhosos”.

Em carta anual aos acionistas, Buffett destacou ainda dois investimentos ampliados em 2023 que pretende manter por tempo indeterminado: as participações na Occidental Petroleum e em cinco companhias japonesas.

O investidor informou que a Berkshire detinha 27,8% das ações ordinárias da Occidental Petrolum ao fim do ano passado. A gestora também detém títulos de garantia que concedem a opção de aumentar sua participação a um preço fixo durante mais de cinco anos.

“Embora gostemos muito de nossa propriedade, bem como da opção, a Berkshire não tem interesse em comprar ou administrar a Occidental. Gostamos particularmente das suas vastas participações petrolíferas e de gás nos Estados Unidos, bem como da sua liderança em iniciativas de captura de carbono”, afirmou. Ele também elogiou a gestão da CEO Vicki Hollub à frente da Occidental.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

Buffett comunicou ainda que a Berkshire tem participações de cerca de 9% na Itochu, na Marubeni, na Mitsubishi, na Mitsui e na Sumitomo, e que acordou com cada empresa que não vai comprar ações que levem esse porcentual acima de 9,9%. “Nosso custo para as cinco totaliza 1,6 trilhão de ienes, e o valor de mercado das cinco ao final do ano era de 2,9 trilhões de ienes. No entanto, o iene enfraqueceu nos últimos anos e o nosso ganho não realizado ao final do ano em dólar foi de 61%, ou US$ 8 bilhões”, escreveu.

Buffett abriu a carta com uma homenagem a Charlie Munger, que morreu em novembro aos 99 anos e a quem chamou de “o arquiteto da Berkshire Hathaway”. Munger foi vice-presidente da Berkshire.

Buffett aumenta aposta em petróleo e tem mais de US$ 14 bi

Berkshire Hathaway, holding do bilionário Warren Buffett, aumentou suas participações em ações da Occidental Petroleum (OXYP34) nos primeiros dias de fevereiro, mesmo com o mercado americano apostando forte na Nvidia (NVDC34), e os relatórios de lucros das grandes empresas de petróleo, como Exxon Mobil (EXXO34) e Chevron (CHVX34), recebendo pouca atenção.

Buffett gastou cerca de US$ 245,7 milhões em mais de 4,3 milhões de ações da OXY entre 1 e 5 de fevereiro, com uma faixa de preço de US$ 56,75 a  US$ 57,98. A Occidental Petroleum reportará os lucros do quarto trimestre em 14 de fevereiro.

A Berkshire detém cerca de 248 milhões de ações ordinárias da Occidental, avaliadas em cerca de U$14 bilhões. Em dezembro, Warren Buffett gastou US$ 588,7 milhões em mais de 10 milhões de ações da OXY, com uma faixa de preço de 55,58 a um pouco mais de 57, nos dias seguintes à aquisição deu uma bacia petrolífera pela empresa de energia em US$ 12 bilhões.

Na primeira semana de fevereiro, os resultados trimestrais da Exxon Mobil e Chevron foram acima do esperado. A Chevron elevou seu dividendo trimestral em 8% após recomprar 5% de suas ações no ano passado. O valor das ações aumentou 3,7% nos últimos 30 dias. Warren Buffett detém uma participação de quase 5,9% na empresa.

A Occidental Petroleum ocupa a sexta posição no portfólio da Berkshire,empresa de Warren Buffett, logo após Apple (AAPL34),Bank of America (BOAC34), American Express (AXPB34), Coca-Cola (COCA34) e Chevron (CHVX34), devido a várias aquisições de ações realizadas em 2023.

Com Estadão Conteúdo

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião