Dividendos da Taesa (TAEE11) e da Braskem (BRKM5) chamam atenção

Dividendos da Taesa (TAEE11) e da Braskem (BRKM5) chamam atenção
Taesa - Foto: Luís Semensato/Taesa/Divulgação

Nos destaques de empresas desta quinta-feira (2) chama a atenção do mercado a Taesa (TAEE11) que vai distribuir R$ 523 milhões aos acionistas em dividendos e Juros sobre o Capital Próprio (JCP).

Além da Taesa, a Braskem (BRKM5) também anunciou que irá pagar R$ 6 bilhões em dividendos antecipados. Já a MRV (MRVE3) pagará R$ 78,3 milhões em dividendos. Por sua vez, a Cury (CURY3) anunciou o pagamento de R$ 50 milhões em dividendos. E, a Renova Energia (RNEW11) concluiu a venda da Brasil PCH por R$ 1,1 bilhão.

Veja os destaques de empresas desta quinta-feira:

Taesa

A Taesa  vai pagar R$ 523 milhões em proventos aos seus acionistas, divididos em R$ 202,01 milhões na forma de Juros sobre Capital Próprio (JCP) e R$ 320,9 milhões na forma de dividendos intercalares.

Apenas os investidores com posição comprada no dia 06 de dezembro de 2021 terão direito a receber os proventos da Taesa. As ações da empresa passam a ser negociadas “ex juros“, ou seja, sem direito aos dividendos e aos JCP a partir de 07 de dezembro de 2021 – a data é válida para as ações TAEE3, ações TAEE4 e units TAEE11.

Braskem

A Braskem pagará um total de R$ 6 bilhões em dividendos antecipados. Segundo fato relevante, serão distribuídos R$ 7,53 por ação ordinária ou preferencial Classe A.

Quem detiver ações da Braskem de Classe B, receberá R$ 0,60 em dividendos por ação. Segundo a petroquímica, o pagamento dos dividendos no Brasil será realizado no dia 20 de dezembro de 2021.

MRV

A MRV Engenharia aprovou  a distribuição de dividendos no valor total de R$  78,3 milhões, liberados pela Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária realizada no dia 23 de abril.

Segundo o comunicado arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os dividendos da MRV terão valor unitário de R$ 0,16 por ação ordinária, e serão pagos no dia 16 de dezembro.

Cury

A Cury  anunciou que pagará dividendos no valor total de R$ 50 milhões. Deste valor, R$ 33 milhões correspondem a dividendos intermediários e R$ 17 milhões a dividendos intercalares.

O montante do valor unitário dos dividendos da Cury será de R$ 0,17 por ação ordinária, divididos entre intermediários e intercalares, de R$ 0,11 e R$ 0,05, respectivamente.

Renova Energia

A Renova Energia, em recuperação judicial, concluiu a venda da Unidade Produtiva Isolada (UPI) Brasil (PCH), para os demais acionistas da Brasil PCH, BSB Energética e Eletroriver, por R$ 1,1 bilhão.

Com os recursos obtidos com a transação, a Renova Energia seguiu com a liquidação antecipada do empréstimo na modalidade Debtor in Possession (DIP), contratado pela sua subsidiária Chipley SP Participações, em recuperação judicial, por meio de uma Cédula de Crédito Bancário estruturada pela Quadra Gestão de Recursos.

Os destaques de empresas do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Taesa que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!