Petrobras (PETR4), Oi (OIBR3) e Cemig (CMIG4) estão no foco do mercado nesta sexta-feira (20); veja mais destaques

O reajuste de preços dos combustíveis divulgado ontem (19) pela Petrobras (PETR4) é um dos destaques desta sexta-feira (20). 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

Também está entre os destaques do mercado financeiro a informação de que a Oi (OIBR3) vai leiloar fração resultante do seu grupamento de ações na B3.

A Cemig (CMIG4) também é destaque hoje, depois do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, apresentar a deputados estaduais uma prévia do que é a sua proposta para privatizar a estatal. 

Veja os destaques do mercado financeiro hoje:

Petrobras 

A Petrobras (PETR4) anunciou uma redução no preço da gasolina para as distribuidoras em R$ 0,12 por litro, o que representa uma queda de 4,09% em relação ao preço anterior.

Além disso, a Petrobras aumentou o preço do diesel em R$ 0,25 por litro, o que corresponde a um acréscimo de 6,57%.

Os novos preços dos combustíveis para as distribuidoras passam a valer a partir do próximo sábado (21). Assim, a gasolina custará R$ 2,81 por litro e o diesel, R$ 4,05 por litro.

Oi 

A Oi (OIBR3) informou que as frações de ações resultantes de seu grupamento foram reagrupadas em 285.767 ações ordinárias e 282.807 ações preferenciais (total de 568.574), para serem vendidas na Bolsa de Valores.

Assim, a partir de 23 de outubro de 2023, haverá sucessivos leilões de ações da Oi na B3, até que todas sejam vendidas.

Os valores líquidos das vendas realizadas nos leilões vão ser pagos aos titulares das frações em até 7 dias úteis. 

Cemig

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), apresentou a deputados estaduais uma prévia do que é a sua proposta para privatizar a estatal de energia elétrica Cemig (CMIG4).

O plano de Zema é tornar a empresa uma corporação – ou seja, fazer com que a Cemig tenha uma estrutura societária sem um acionista controlador.

Apesar disso, a expectativa é de que o Governo de Minas Gerais siga como o principal acionista por hora, com 17% do capital.

Além disso, a Fitch Ratings reafirmou os ratings corporativos da companhia e das suas subsidiárias em BB na escala global e AA+ (bra) na escala Nacional, com perspectiva estável.

SLC Agrícola

A SLC Agrícola (SLCE3) anunciou que foi concluído o seu programa de recompra de ações. Durante o programa, foram adquiridas 5 milhões de ações ordinárias, que representam 2,21% do capital social da companhia.

Ser Educacional 

A Ser Educacional (SEER3) informou que ocorreu o encerramento de sua 4ª emissão de 200 mil debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única, da espécie quirografária, com valor nominal unitário de R$1 mil reais, no montante total de R$200 milhões. 

BR Properties

A BR Properties (BRPR3) divulgou que a assembleia geral extraordinária da companhia (AGE) aprovou o resgate da totalidade das ações que remanesceram em circulação no mercado após a realização, em 16 de outubro de 2023, do leilão da oferta pública para aquisição das ações de emissão. 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-1420x240-4.png

Dessa forma, serão resgatadas todas as 17.201 ações ordinárias de emissão da companhia em circulação, representativas, nesta data, de aproximadamente 3,704% de seu capital social total e votante. 

MRV

A MRV (MRVE3) comunicou a atualização sobre os empreendimentos da Resia, subsidiária da companhia nos Estados Unidos. Ao todo, cinco projetos devem ser vendidos até o final de 2024, totalizando um valor geral de vendas (VGV) de cerca de US$ 400 milhões (cerca de R$ 2 bilhões), com um cap-rate estimado de 5,8%.

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Petrobras (PETR4), que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião