PROVENTOS

Patrocinado por:

Destaques de Empresas: Usiminas (USIM5), Sanepar (SAPR4) e Engie (EGIE3)

Destaques de Empresas: Usiminas (USIM5), Sanepar (SAPR4) e Engie (EGIE3)
Os destaques de empresas do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Nos destaques de empresas desta sexta-feira (12), chama a atenção do mercado o resultado trimestral da  Usiminas (USIM5) com lucro líquido de R$ 268 milhões no quarto trimestre, alta de 613% na base anual. Apesar de forte desempenho no lucro, o foco do mercado está na receita recorde de R$ 5,47 bilhões, crescimento de 41%.

Além disso, está entre os destaques de empresas o resultado da Sanepar (SAPR4) que apresentou lucro de R$ 291,3 milhões no quarto trimestre de 2020, queda de 24,6%, em comparação com o mesmo período no ano anterior. Já a Engie (EGIE3) reportou lucro líquido de R$ 1,03 bilhão, crescimento de 66,7%.

Por sua vez, chama a atenção dos investidores também a queda de 98,5% no lucro da Rumo (RAIL3) que alcançou R$ 3 milhões no quarto trimestre. Outro destaque de hoje é a Cosan (CSAN3)que viu seu lucro atingir R$ 620,2 milhões, recuo de 21,8%.

Confira os destaques de empresas de hoje:

Usiminas

Usiminas (USIM5) divulgou hoje de manhã seus resultados do quarto trimestre de 2020. No período, a receita da companhia foi recorde, atingindo R$ 5,47 bilhões, alta de 41% na base anual. No consolidado de 2020, a receita foi de R$ 16 bilhões, o maior número da série histórica, avançando 8% na comparação com 2019.

A companhia viu seu lucro líquido atingir R$ 268 milhões no quarto trimestre, alta de 613% na base anual. No consolidado do ano, o avanço foi de 243%, com a Usiminas levantando R$ 1,29 bilhão ante R$ 377 milhões em 2019.

Sanepar

Entre os destaques de empresas está a Sanepar que registrou um lucro líquido de R$ 291,3 milhões no quarto trimestre de 2020, uma queda de 24,6% em comparação com o mesmo período de 2019. Já o lucro anual foi de 996,343 milhões, queda de 7,7% em relação ao exercício anterior.

A Sanepar explicou que a queda no lucro de 2020 aconteceu ” devido à queda dos volumes faturados, de água e esgoto, à postergação do reajuste tarifário e indenizações do PAI”.

De acordo com o documento, a receita operacional líquida da Sanepar somou R$ 1,236 bilhão, no trimestre encerrado em dezembro,  recuo de 7,7%.

Engie

Já a Engie Brasil reportou lucro líquido de R$ 1,03 bilhão no quarto trimestre, alta de 66,7% na comparação com o mesmo período do ano anterior, e propôs a distribuição de dividendos complementares.

A receita operacional líquida da Engie somou R$ 3,7 bilhões entre outubro e dezembro de 2020, alta anual de 35%. Conforme o documento, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia elétrica alcançou R$ 2,28 bilhões nos últimos três meses de 2020, alta de 73,7%.

Rumo

Entre os destaques de empresas também está a Rumo que registrou um lucro líquido de R$ 3 milhões no quarto trimestre de 2020. Esse valor é equivalente a queda de 98,5%, em relação ao mesmo período em 2019, quando havia registrado lucro de R$ 202 milhões. Já no ano de 2020, o resultado foi de R$ 305 milhões, ante o lucro de R$ 708 milhões no ano anterior, recuo de 61,2%.

Segundo o release da Rumo, o lucro em 2020 foi influenciado pelo menor Ebitda e pelo aumento das despesas financeiras decorrentes do impacto não caixa de marcação e mercado (MTM) e das outorgas das Malhas Central e Paulista, que incorreram em mais meses em 2020 do que em 2019.

Cosan

Cosan viu seu lucro líquido atingir R$ 620,2 milhões no período, uma queda de 21,8% na base anual.

Ao falar de lucro líquido ajustado, por outro lado, o número avançou 60,9%, saindo de R$ 391,1 milhões no quarto trimestre de 2019 para R$ 629,3 milhões neste ano, alavancado pela maior contribuição de resultados de operações do grupo.

Os destaques de empresas do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião