Destaques de Empresas: MMX, Cemig, Sinqia, Gol e Smiles

Destaques de Empresas: MMX, Cemig, Sinqia, Gol e Smiles
Os destaques de empresas do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Nos destaques de empresas desta quinta-feira (26), temos a MMX Mineração que restaurou os direitos de exploração das minas de Corumbá e a subsidiária da Cemig que comprou 49% em sete ativos de geração solar.

Ademais, a Petrobras divulgou o plano para 2021 a 2025 com foco em reduzir dívida, a Sinqia fechou o contrato de aquisição da empresa Fromtis e a Gol vai retomar operações com Boeing 737 Max.

Além disso, Smiles aprovou o pagamento de R$ 53,9 milhões em Juros sobre o Capital Próprio e Carrefour criou um comitê sobre política de diversidade e inclusão.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Confira os destaques de empresas:

MMX

A MMX Mineração (MMXM3) informou, na noite da última quarta-feira (25), que restaurou os direitos de exploração das minas Emma e Laís, ativos da Unidade Produtiva Isolada (UPI) de Corumbá. As informações foram divulgadas por meio de um fato relevante, e constam nos autos da recuperação judicial da empresa.

A companhia do empresário Eike Batista disse que, atendendo ao seu pedido alvo do fato relevante publicado em setembro que agitou o mercado da MMX, o juízo da recuperação judicial determinou a nulidade do distrato envolvendo a Mina Emma. Foi reconhecida a ilegalidade de sua alienação pela administração anterior da empresa.

Cemig

A Cemig (CMIG4) informou que a subsidiária Cemig Soluções Inteligentes em Energia (Cemig SIM) concluiu a compra de 49% de participação em sete Sociedades de Propósito Específico (SPE) voltadas para a geração de energia solar. Segundo fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a operação somou R$ 54,9 milhões.

As empresas compradas são voltadas ao mercado de geração distribuída e têm potência instalada de 29,45MWp.

Petrobras

A Petrobras (PETR3;PETR4) divulgou ontem à noite seu Plano Estratégico para o período de 2021 a 2025, e destacou que pretende eliminar a lacuna de desempenho que a separa dos concorrentes internacionais de óleo e gás.

Entre as prioridades da Petrobras estão a redução da dívida e a desalavancagem financeira, por meio da geração de caixa operacional e de desinvestimentos. A meta é chegar a uma dívida bruta de US$ 67 bilhões em 2021 e de US$ 60 bilhões em 2022.

Sinqia

A Sinqia (SQIA3) informou ao mercado ontem ter fechado um contrato de aquisição da empresa Fromtis Serviços de Tecnologia.

Segundo o fato relevante, o preço da aquisição inicial será de R$ 19,0 milhões, composto por uma parcela à vista de R$ 14,0 milhões paga nesta data e uma parcela a prazo de R$ 5,0 milhões, a ser paga em 5 prestações anuais de R$ 1,0 milhão. “Portanto, o preço de aquisição inicial representa um múltiplo EV/Receita de 2,0x”, informou a Sinqia.

Gol

A Gol (GOLL4) informou que vai retomar as operações com o Boeing 737 MAX “de forma progressiva, nas próximas semanas”. As informações são da coluna Capital, no jornal O Globo.

A retomada, em linha com a agência reguladora do setor de aviação civil dos Estados Unidos, a Federal Aviation Administration (FAA), acaba de ser autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Smiles

A Smiles Fidelidade (SMLS3) comunicou ontem a aprovação, após reunião do conselho de administração, do pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor bruto de R$ 53.945.960,00.

O montante corresponde ao valor bruto de R$ 0,43449110 por ação ordinária. O pagamento está sujeito à incidência de 15% de imposto de renda na fonte, exceto para acionistas que declararem imunes ou isentos até 23 de dezembro, informou a Smiles.

Carrefour

O Carrefour (CRFB3) comunicou ao mercado que criou um Comitê Externo de Livre Expressão sobre Diversidade. Segundo o fato relevante, o objetivo é que esse comitê assessore a rede de supermercados em diretrizes e ações contra o racismo em todas as unidades.

Essa medida é em resposta à morte de João Aberto Silveira de Freitas, um homem negro que morreu espancado em uma unidade da rede na semana passada em Porto Alegre. De acordo com o Carrefour, esse comitê tem tolerância zero ao racismo.

Os destaques de empresas do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião