Cielo (CIEL3), BRF (BRFS3) e Enauta (ENAT3) movimentam o mercado financeiro hoje; veja destaques

A informação sobre o lucro líquido da Cielo (CIEL3), que totalizou cerca de R$ 486 milhões no segundo trimestre de 2023 (2T23), está entre os destaques desta quarta-feira (02).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

Também está entre os destaques do mercado financeiro a BRF (BRFS3), após concluir uma joint venture com a Halal Products Development Company (HPDC), subsidiária do Public Investment Fund (PIF), fundo soberano da Arábia Saudita.

A Enauta (ENAT3) também é destaque hoje, depois da Yinson concluir a aquisição da totalidade das ações da AFPS, subsidiária da Enauta e empresa proprietária do FPSO Atlanta.

Veja os destaques do mercado financeiro desta quarta-feira:

Cielo

A Cielo (CIEL3) registrou um lucro líquido recorrente de R$ 486 milhões no segundo trimestre de 2023 (2T23), crescimento de 26,8% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) recorrente totalizou R$ 1,045 bilhão no segundo trimestre de 2023, apresentando um crescimento de 14,3% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Além disso, a empresa vai pagar R$ 196 milhões em Juros Sobre Capital Próprio (JCP) aos seus acionistas, segundo fato relevante.

BRF

A BRF (BRFS3) informou que sua subsidiária integral BRF GmbH e a Halal Products Development Company (HPDC), uma subsidiária integral do Public Investment Fund (PIF) da Arábia Saudita, cumpriram as condições precedentes do acordo de joint venture.

Com isso, as partes do JV passam a implementar as formalidades de constituição de uma sociedade na Arábia Saudita, que contará com participação de 70% da BRF e de 30% pela HPDC.

Enauta

A Enauta (ENAT3) informou que a Yinson Bouvardia Holdings concluiu ontem a aquisição da totalidade das ações da AFPS B.V, subsidiária da Enauta e empresa proprietária do FPSO Atlanta.

A compra do FPSO Atlanta reflete um valor de US$ 465 milhões da AFPS B.V., na data do exercício da opção, dos quais US$ 86 milhões pagos em caixa e pagamentos diferidos do contrato de EPCI e US$ 379 milhões em financiamento concedido a Yinson por 15 anos.

Segundo a Enauta, a conclusão desta transação é um marco importante de redução de riscos associados ao desenvolvimento do Campo de Atlanta, ratificando a proximidade de finalização do FPSO Atlanta conforme prazos e orçamento previstos.

Klabin

O conselho de administração da Klabin (KLBN11) aprovou o pagamento de dividendos intermediários, no valor de R$ 269 milhões, conforme comunicado pela empresa nesta terça-feira (01).

Os dividendos da Klabin serão pagos aos acionistas de ações ordinárias e preferenciais no valor de R$ 0,0487 por ação. Enquanto isso, os investidores das units vão receber R$ 0,24378 por cada papel.

O pagamento dos proventos da Klabin vai ser feito em 15 de agosto de 2023.

Iguatemi

A rede de shopping centers Iguatemi (IGTI11) teve lucro líquido de R$ 77,3 milhões no segundo trimestre de 2023, revertendo o prejuízo de R$ 133,3 milhões registrado no mesmo período de 2022.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

O Ebitda do Iguatemi (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 195,5 milhões, crescimento de 17,3% na mesma base de comparação.

Movida

A Movida (MOVI3) anunciou o início da oferta de aquisição no valor de até US$175 milhões de principal, de sustainability linked notes de sua emissão, com remuneração de 5,250% ao ano e vencimento em 2031

Segundo a companhia, a operação de tender offer é mais uma iniciativa de gestão de passivos financeiros que visa reduzir o custo médio da dívida da Movida.

Viveo

A Viveo (VVEO3) divulgou que fixou o preço da ação em R$ 21,21 na oferta de ações (“follow-on”) que movimentou R$ 778,3 milhões.

Ao todo, a operação da empresa totalizou R$ 1,233 bilhão, sendo R$ 778,348 milhões referentes à oferta primária e outros R$ 445,410 milhões da oferta secundária.

Log Commercial Properties

A Log Commercial Properties (LOGG3) fechou contrato com o fundo de investimento imobiliário (FII) do BTG Pactual LOGCP para venda de ativos das suas controladas Log Aracaju e Log Londrina por R$ 207,4 milhões.

Desde maio de 2023, a Log já acumulou o valor de R$ 1,2 bilhão em vendas de ativos.

Vulcabras

A Vulcabras (VULC3) reportou um lucro líquido recorrente de R$ 133,8 milhões no segundo trimestre, alta de 34% em relação ao mesmo período de 2022.

O lucro líquido societário atingiu R$ 139 milhões, crescimento de 33,9% na base anual.

Marcopolo

A Marcopolo (POMO4) registrou um lucro líquido de R$ 140,5 milhões no 2T23, crescimento anual de 424,1%.

O Ebitda atingiu R$ 158 milhões entre o intervalo de abril e junho, alta de 206,2%.

Marisa

Em fato relevante, a Marisa (AMAR3) anunciou que o seu conselho de administração elegeu Daniel Charleaux Roque como diretor executivo comercial.

Nesta função ele será responsável por todas as atividades relacionadas com a formulação e o desenvolvimento de produtos, sua precificação, assim como pelo planejamento de vendas.

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Cielo (CIEL3), que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno