Braskem (BRKM5), Pão de Açúcar (PCAR3) e Prio (PRIO3) estão no foco do mercado nesta segunda-feira (11); veja mais destaques

A manifestação da Braskem (BRKM5) sobre o rompimento parcial da mina 18, em Maceió, é um dos destaques desta segunda-feira (11). 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

Também está entre os destaques do mercado financeiro o Pão de Açúcar (PCAR3), após  anunciar que está avaliando realizar uma oferta pública de distribuição primária de ações (follow-on). 

A PRIO (PRIO3) também é destaque hoje, depois de informar que vai pagar R$ 60.615.773,09 em dividendos intermediários aos seus acionistas. 

Veja os destaques do mercado financeiro hoje:

Braskem 

Em fato relevante divulgado na manhã desta segunda-feira (11), a Braskem (BRKM5) se manifestou sobre o rompimento parcial da mina 18, em Maceió, no início da tarde de domingo (10). Com a ruptura, a água da lagoa Mundaú, no bairro Mutange, entrou na mina.

No texto, a Braskem informou ainda que “toda a área, que vem sendo monitorada nos últimos dias, já estava isolada”. Pontuou, também, que “autoridades foram imediatamente comunicadas”, e que a companhia segue colaborando com elas.

“A companhia segue mobilizada e monitorando a situação de forma ininterrupta com as autoridades competentes e manterá o mercado informado sobre qualquer desdobramento relevante sobre o assunto”, acrescentou.

Pão de Açúcar

O Grupo Pão de Açúcar (PCAR3), o GPA, divulgou que está avaliando realizar uma oferta pública de distribuição primária de ações (follow-on). Segundo comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o valor estimado para a potencial emissão seria de R$1 bilhão.

O follow-on do GPA está inserido no plano de otimização da estrutura de capital da companhia, que faz parte do grupo de varejo francês, Casino. 

Prio 

A Prio (PRIO3), ex-PetroRio, vai pagar R$ 60.615.773,09 em dividendos intermediários aos seus acionistas. 

O valor dos proventos da Prio por ação ordinária (ON) da companhia petroleira será de R$ 0,07264350. Segundo o comunicado, o pagamento de dividendos da Prio serão pagos no próximo dia 22 de dezembro do ano corrente.

Isa Cteep

A Isa Cteep (TRPL4) pagará R$ 1,45 bilhão em juros sobre capital próprio (JCP) aos seus acionistas.

O valor dos proventos por ação da ISA Cteep será de R$ 2,20. Os rendimentos serão pagos em duas parcelas, sendo uma até o dia 15 de janeiro de 2024 e outra até o dia 10 de abril de 2024.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Dexco 

A Dexco (DXCO3)  contratou uma instituição financeira para estruturar uma potencial nova emissão de notas comerciais escriturais da companhia, sob colocação privada. 

A nota comercial insere-se no contexto de uma operação de securitização, que resultará em uma potencial emissão de certificados de recebíveis do agronegócio, os quais serão objeto de potencial oferta pública, com o valor total de R$ 375 milhões. 

BR Properties 

A BR Properties (BRPR3) celebrou contrato de compra e venda de quotas com a CBRE Serviços, tendo por objeto a venda pela Companhia, de 100% das quotas representativas do capital social da BRPR A Administradora de Ativos Imobiliários, no valor total de R$1.646.192,49.

Lavvi

A companhia de empreendimentos imobiliários Lavvi (LAVV3) divulgou que irá realizar o pagamento de R$ 60 milhões em dividendos à sua base acionária. O valor dos proventos da Lavvi Empreendimentos Imobiliários aos acionistas será de R$ 0,30 por ação, que estão previstos para serem pagos em 22 de dezembro de 2023.

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Braskem (BRKM5), que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião