Daniel Benevides

Por que as PMEs precisam de ajuda para crescer no Brasil?

Em uma pesquisa feita pelo IBGE, 48% dessas companhias não conseguem seguir operando por mais de três anos por causa da falta de controle financeiro e acabam baixando as portas

O cenário econômico brasileiro atual tem sido um ambiente desafiador para as pequenas e médias empresas (PMEs). Taxa de juros do país na casa dos 13,75%, segundo o BC, inflação acumulada em 12 meses em cerca de 7%, de acordo com o IBGE, e projeção tímida para o PIB em 2023, de 0,59%, conforme dados do Boletim Focus. É. Esse quadro reflete em custos maiores para o caixa dos empreendedores que, por vezes, se encontram com capital escasso e despreparados para possíveis tempestades à frente. É nesse mar que essas empresas, que estão em busca de crescimento, estão navegando.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/1420x240-Banner-Home-1.png

A necessidade de nadar contra a maré e alavancar o negócio em águas bravas faz com que muitas PMEs acabem deixando de lado o cuidado com suas finanças, o que é bastante preocupante. Prova disso é o resultado mais recente do Indicador de Inadimplência das Empresas da Serasa Experian, que revelou a existência de 6,3 milhões de empresas com o nome no vermelho no mês passado. No montante total, o levantamento ainda mostrou que elas acumulam 44,6 milhões de dívidas negativadas, que, em valor, representam R$ 105,2 bilhões somente no período. É um número significativo.

E essa falta de cuidado com a gestão financeira muitas vezes custa a vida da PME. Em uma pesquisa feita pelo IBGE, 48% dessas companhias não conseguem seguir operando por mais de três anos por causa da falta de controle financeiro e acabam baixando as portas.

Na contramão, graças aos avanços tecnológicos e a digitalização, as PMEs hoje podem contar com empresas parceiras que se dedicam a oferecer soluções para facilitar a vida de quem está à frente da tarefa de zelar pela manutenção da saúde financeira do caixa, minimizando riscos para a operação.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Nesse quesito, os bancos digitais largaram na frente para atender essa demanda por melhor gestão financeira, tão relegada pelas instituições financeiras tradicionais. Nos últimos dois anos temos visto avanços importantes rumo a uma visão integrada entre produtos financeiros e soluções para gerir o dia a dia do caixa dessas pequenas e médias empresas.

Desde sua criação, o Linker tem como foco atender às necessidades desse público, entendendo as características de cada fase de seu crescimento. A fintech, que já oferece conta digital, cartões corporativos, nota fiscal e uma gama de soluções voltadas à gestão financeira, agora traz uma nova proposta com Cashback de 0,5% e consultorias estratégicas para PMEs de alto crescimento.

O novo plano Ultra vem para reforçar o conceito do “beyond banking” no Brasil, uma nova experiência que já é reconhecida no exterior, na qual os clientes enxergam valor na personalização dos serviços oferecidos, que vão além das opções encontradas nas instituições tradicionais. Nesse produto o cliente tem acesso ao atendimento com um executivo de conta, que está à disposição para sanar todas as suas dúvidas sobre os serviços. De quebra, participa de consultorias de negócios e marketing digital com especialistas parceiros do banco para ajudar a alavancar o negócio.

O plano Ultra inclui todos os itens que já turbinam as demais assinaturas do Linker como Pix, TED boletos gratuitos, Cartões adicionais, Open Finance, emissão de nota fiscal e a possibilidade de criar perfis de acesso à conta para o financeiro e contador da empresa. Uma maré agitada requer mais atenção para se navegar, mas acreditamos que há um oceano de oportunidades para os empreendedores que se preparam para isso. O Linker se dispõe a ser a ferramenta que ajudará a sua empresa a ter mais eficiência na gestão financeira e atingir os objetivos no horizonte.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Fundos-Imobiliarios-Desktop-1.jpg

Nota

Os textos e opiniões publicados na área de colunistas são de responsabilidade do autor e não representam, necessariamente, a visão do Suno Notícias ou do Grupo Suno.

Daniel Benevides
Mais dos Colunistas
Matheus Marcondes PMEs: a base sólida para os primeiros passos empreendedores

O empreendedorismo tem sido uma força motriz por trás do crescimento econômico em todo o mundo, e as micros, pequenas e médias empresas têm um papel fundamental nesse ...

Matheus Marcondes
Alexandre Salles Steil Pronampe: ajustes finos para salvar os pequenos negócios 

O Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) passou por mudanças nos últimos meses. Com as alterações da MP 1139/22, que revoga...

Alexandre Salles Steil

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno