URGENTE

Patrocinado por:

Fintech BR Agro Bank aposta em seguro rural e empréstimos na sua estreia

Fintech BR Agro Bank aposta em seguro rural e empréstimos na sua estreia
Agronegócio. Foto: Pixabay

A fintech BR Agro Bank estreia nesta semana com a oferta de empréstimo e seguro rural para o mercado de agronegócio brasileiro, entre outros serviços. De acordo com o Valor Econômico, a meta da fintech é abrir 1 milhão de contas em dois anos.

Para isso, a BR Agro Bank aposta principalmente no seguro rural. Serão 150 opções já na safra 2021/22, a taxas capazes de atrair mesmo quem toma recursos em outros bancos, informa o Valor. O mercado para esse serviço financeiro movimenta cerca de R$ 7 bilhões por ano e tem baixa cobertura.

Segundo o Carlos Vicente Rondon, economista da BR Agro Bank, a fintech prevê oferecer seguro que terá custo por hectare de R$ 80 a R$ 150, abaixo da média atual do mercado, afirma ao jornal. Para quem tem grandes lotes para produção, o custo menor de seguro pode garantir uma boa economia financeira por ano.

Além disso, a fintech também oferecerá opções para a cobertura de pastagens e transporte de cargas vivas, entre outras atividades. No mais, outros serviços prestados pela fintech Agro serão:

  • linhas de financiamento e refinanciamentos,
  • crédito consignado,
  • consórcio de veículos, máquinas agrícolas e placas solares.

Para o economista da BR Agro Bank, o conhecimento dos fundadores sobre o agronegócio brasileiro dá à startup vantagem em relação à concorrência. A empresa estima um público potencial de 22 milhões de clientes, que se dividem em fornecedores de insumos, equipamentos, transportes e armazéns agrícolas, além de produtores,

“Nosso propósito é trabalhar para gerar a melhor rentabilidade ao produtor”, diz Alípio Oliveira, presidente do conselho de administração da BR Agro Bank.

Monique Lima

Compartilhe sua opinião