Semana do Fiagro

Berkshire Hathaway (BERK34) perde US$ 30 bi com ações da Apple (AAPL34)

Berkshire Hathaway (BERK34) perde US$ 30 bi com ações da Apple (AAPL34)
Foto: Divulgação

A Berkshire Hathaway (BERK34), de Warren Buffett, perdeu aproximadamente US$ 30 bilhões com a queda intensa das ações da Apple (AAPL34) no segundo trimestre de 2022.

Nesse período, os ativos da empresa acumulam perdas de 20%. No pregão de hoje, o BDR da Apple cai 1,2%, a R$ 66,50, próximo das 17h. Já na Nasdaq, listagem em Nova York, estão em alta de 0,33%, a US$ 137,80 no pregão desta sexta-feira (20), se distanciando dos cerca de US$ 175 no início do trimestre.

Os números recentes da Apple colocam à prova o gosto de Buffett pela companhia, uma vez que as ações da empresa de tecnologia são o maior investimento da carteira da Berkshire Hathaway.

Até dia 31 de março, eram 911 milhões de ações na carteira da gestora, o que leva a uma perda de US$ 30 bilhões em valor de mercado desde então. A ação da Apple representava 40% do portfólio da Berkshire Hathaway e outras quatro ações equivalem a mais de 30%: Bank of America (BOAC34), American Express (AXPB34), Chevron (CHVX34) e Coca-Cola (COCA34).

Esses 40% vieram após Warren Buffett ter feito um leve aumento na posição da Berkshire Hathaway no primeiro trimestre deste ano. Ele havia comprado aproximadamente 3 milhões de ações, provavelmente entre US$ 150 e US$ 155 cada, de acordo com comentários do próprio investidor feito à CNBC.

Leia mais

Warren Buffett: Berkshire Hathaway (BERK34) compra US$ 3 bi em fatia no Citigroup (CTGP34)

Berkshire Hathaway (BERK34), de Warren Buffett, comprou cerca de 55 milhões de ações do Citigroup (CTGP34) – equivalente a 2,8% do capital social da companhia – ao longo do primeiro trimestre de 2022.

No total, a participação da holding no final de março era de US$ 3 bilhões. Este é um dos maiores investimentos dos últimos tempos da companhia de Warren Buffett, que decidiu ir às compras pelas ações do Citi enquanto elas estavam com desempenho inferior em relação ao resto do setor financeiro nos últimos 12 meses.

A compra foi divulgada pela Berkshire Hathaway via fato relevante à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, a SEC, na noite de segunda-feira (16). As ações do Citigroup passaram a sessão desta terça-feira (17) em alta. O BDR da companhia também subiu: 4,71%, para R$ 42,06.

A aquisição de ações do Citigroup ocorre após Buffett vender o restante de sua posição acionária na Wells Fargo (WFCO34), concorrente do grupo, o que já foi um marco dentro do portfólio do investidor por três décadas.

A companhia também investiu na seguradora Markel e no grupo de mídia Paramount Global, além de Ally Financial, Celanese e McKesson. Antes, Buffet já havia anunciado investimentos em Chevron (CHVX34), Occidental Petroleum (OXYP34) e HP (HPQB34) no primeiro trimestre. O megainvestidor ainda comprou quase 4 milhões de ações na Apple (AAPL34).

Além de todos os novos investimentos, a Berkshire vendeu quase US$ 10 bilhões em ações, reduzindo suas participações na Kroger e na Verizon Communications (VERZ34), e eliminando aportes nas farmacêuticas Abbvie e Bristol Myers Squibb.

Victória Anhesini

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO