BBB: como investir o prêmio de R$ 1,5 milhão do Big Brother

BBB: como investir o prêmio de R$ 1,5 milhão do Big Brother
BBB: como investir o prêmio de R$ 1,5 milhão do Big Brother

Com o início da nova Edição do Big Brother Brasil (BBB), o País está curioso para saber quem vai ser o mais novo milionário do ano. O ganhador da edição de 2021 levará para casa o prêmio de R$ 1,5 milhão. Mas afinal, onde esse dinheiro poderia ser investido para render ainda mais?

Alguns dos ganhadores de edições passadas do BBB usaram a bolada para investir em suas carreiras, imóveis, estudos, doações, entre outros.  Enquanto uns conseguiram multiplicar o prêmio, outros chegaram a  perder tudo, como é o caso da Cida Santos, campeã da 4ª edição do Big Brother Brasil.

O que aconteceu com Cida Santos, infelizmente é algo comum de acontecer com pessoas que ganham muito dinheiro rapidamente. A analista CNPI da SUNO Research, Gabriela Mosmann, destaca que muitas pesquisas mostram que a maioria de  ganhadores de loteria voltam ao patamar da vida antiga em mais ou menos um ano após ganharem o prêmio, por falta de educação financeira.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O dinheiro não é infinito

Assim Mosmann destaca a importância da educação financeira. A analista comentou que as pessoas usam grande parte do dinheiro para adquirir bens que geram despesas, como por exemplo, apartamentos e carros. Segundo ela, isso, acaba “corroendo o valor”.

“É importante ter educação financeira para saber que esse dinheiro não é infinito, e para conseguir utilizar ele para fazê-lo crescer ou pelo menos conseguir manter”.

O que o ganhador do Big Brother deve fazer primeiro com o prêmio

Para Mosmann, a primeira coisa que o novo milionário deve fazer é um planejamento financeiro.

Assim, o ganhador deve analisar como está a sua vida no momento e  ver se tem dívidas que possam ser renegociadas ou liquidadas. Com o restante do R$ 1,5 milhão que sobrar, é importante aprender a investir.

Para isso, o grande vencedor do BBB deve analisar as oportunidades existentes. a Analista considera que  o ideal seria investir a maior parte do dinheiro em uma carteira bem diversificada, com ações, Fundos de Investimento Imobiliários (FIIs) e renda fixa.

Para a analista, o ganhador do reality show deve buscar construir uma carteira que pague bons dividendos, “para que ele consiga viver com esses dividendos”.

“Com essa quantia, ela pode conseguir em torno de R$ 10 mil por mês, em média, de dividendos. Isso seria uma boa renda”.

Gastar parte do prêmio do BBB também é importante

Mosmann considera que a vida “é uma questão de equilíbrio”. Segundo ela, o ganhador do Big Brother Brasil não precisa usar todo o prêmio de R$ 1,5 milhão em investimentos.

“Eu aconselho que ela separe uma parcela para gastar, porque se você ganha um grande prêmio, você não precisa investir tudo. Eu realmente acho que a vida é uma questão de equilíbrio, mas é uma questão de separar um valor específico para gastar, e saber com o que está gastando”.

Ebook Gratuito
Baixe agora nosso
Guia de Investimentos para 2021
Confira gratuitamente quais são nossas perspectivas para o ano.

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

Entretanto, ela reforça a importância de não gastar o dinheiro com o que não está de acordo com padrão de vida do ganhador. “Um milhão e meio não é tanto dinheiro assim se pensar em bens de luxo”, salienta.

Lembrando que após o Big Brother alguns participantes acabam fechando contratos que pagam bem, ela explica que o dinheiro deve ser analisado conforme o que vai entrando e o que vai saindo, “sempre tendo uma consciência de economizar uma boa parcela desse dinheiro”, completa.

Por ser uma quantia alta, ela recomendaria colocar sempre 50% do que entrar em uma carteira bem diversificada, pagadora de dividendos. Assim o grande ganhador do BBB 21 teria uma estabilidade financeira e não cairia no erro de perder todo o prêmio.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião