Balanços da semana

Banco do Brasil (BBAS3) ou Nubank (ROXO34)? Analistas projetam 3T23 e escolhem os preferidos do setor

O BTG Pactual afirma que os resultados dos bancos, em agosto, mostraram tendências ligeiramente melhores em comparação com julho. Os bancos digitais ainda são os destaques positivos. Dessa forma, o BTG prefere no setor bancário as ações do Itaú (ITUB4), Banco do Brasil (BBAS3), Inter (INBR2) e Banco ABC (ABCB4).  

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

De acordo com o BTG, essas instituições continuam apresentando desempenho sólido, embora com algumas preocupações em relação à sobrevalorização.

No entanto, os lucros por ação (EPS) dos bancos tradicionais, excluindo o Santander (SANB11), ficaram um pouco abaixo das projeções, informa o BTG. 

Segundo dados divulgados pelo Banco Central, dos três bancos tradicionais que ainda não divulgaram resultados do 3T23 (excluindo o Santander), os números de julho a agosto devem sinalizar uma taxa média de lucro inferior em 3% em relação à previsão do BTG para o terceiro trimestre e 6% abaixo do consenso, principalmente o Bradesco (BBDC4).

“Vimos um forte crescimento mensal em empréstimos e lucro líquido para os bancos digitais Nubank (ROXO34) e Inter, os únicos em que ainda vemos espaço para revisões positivas de ganhos”, explica o BTG. 

Os dois bancos digitais, dizem analistas, foram destaques positivos em agosto.  A operação do Nubank no Brasil relatou um lucro líquido de R$ 511 milhões em agosto, em comparação com R$ 63 milhões no mesmo mês de 2022. O Inter também teve um desempenho positivo, com lucro líquido de R$ 24 milhões.

Para a equipe do banco, a preferência continua sendo para Itaú e Banco do Brasil em detrimento do Bradesco (BBDC4) e Santander. 

Com isso, o BTG recomenda compra para ações do Banco do Brasil, Banco ABC e Itaú. O Nubank tem recomendação neutra. 

Banco do Brasil seguirá no ‘olimpo’ de pagadores de dividendos?

Atualmente o Banco do Brasil (BBAS3) figura no rol dos bancos e instituições financeiras listados em bolsa que mais pagam proventos aos seus acionistas.

Conforme os dados do Status Invest, os dividendos do Banco do Brasil representam um dividend yield (DY) de 9,5% atualmente.

Isso porque cada ação BBAS3 deu direito a R$ 4,59 em proventos no acumulado dos últimos 12 meses.

Os analistas da XP, que têm recomendação de compra para as ações do Banco do Brasil, esperam que a companhia siga no mesmo patamar de pagamento proporcional de dividendos no ano de 2024.

Para este ano, a projeção é de que os dividendos representem um yield de 9%, enquanto que para o ano seguinte esse patamar deve ser elevado para 9,3%.

Com isso, os papéis do banco deve se manter no ‘olimpo’ de pagadores de dividendos entre os bancos, tendo o maior yield.

Para efeitos de comparação, o banco ou instituição financeira com o segundo maior yield projetado é a B3 (B3SA3), que deve elevar seu DY de 6,1% neste ano para 8% no ano seguinte.

Já o Itaú Unibanco (ITUB4) deve elevar seu yield de 3,1% para 4,9%, segundo os analistas.

Bradesco: resultado mais fraco entre os bancos tradicionais, projeta o BTG

O BTG afirmou que o Bradesco teve o desempenho mais fraco entre os bancos tradicionais em agosto, com uma queda acentuada nos lucros em relação ao mês anterior. 

Em agosto, o Itaú relatou um lucro líquido pelo GAAP de R$2,9 bilhões (+1% mensal; -12% anual), o Bradesco de R$1,3 bilhões (-11,5% mensal; -32% anual) e o Banco do Brasil cerca de R$3 bilhões (+6% mensal; +4% anual).

Baseado nesses dados, o BTG projeta para o 3T23 lucro líquido de:

  • R$8,8 bilhões para o Itaú 
  • R$4,2 bilhões para o Bradesco 
  • R$8,85 bilhões para o Banco do Brasil 

“Se o Bradesco não melhorar seu resultado final em setembro, podemos ver uma queda de 10% no EPS. Esperamos que o ROE do Bradesco permaneça sob pressão no terceiro trimestre”, comenta o BTG. 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

3T23 melhor para o Banco ABC e pior para o Banrisul 

Os números de agosto sugerem um resultado no terceiro trimestre melhor do que o esperado para o Banco ABC e pior para o Banrisul (BRSR6), projeta o BTG.

O Banrisul registrou lucro líquido pelo GAAP de R$ 35 milhões (-26,5% mensal; -8% anual).Isso fez com que o BTG reduzisse a estimativa de lucro por ação para o terceiro trimestre em 45%, esperando um lucro líquido pelo GAAP de R$165 milhões. 

Em relação ao ABC, o banco registrou lucro líquido de R$ 91 milhões (+28% mensal; -8% anual). 

“Os dados do BCB sugerem um resultado do terceiro trimestre melhor do que o esperado, cerca de 15% acima de nossas estimativas”, conclui o BTG. A recomendação do banco para o Banrisul é neutra.

Desempenho anual das ações do Banco do Brasil

Cotação BBAS3

Gráfico gerado em: 03/11/2023
1 Ano

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião