B3 (B3SA3) inclui Localiza (RENT3) e Mosaico (MOSI3) ao índice IGPTW

B3 (B3SA3) inclui Localiza (RENT3) e Mosaico (MOSI3) ao índice IGPTW
B3 (B3SA3) inclui Localiza (RENT3) e Mozaico (MOSI3) ao índice IGPTW. Foto: Pexels

B3 (B3SA3) anunciou em comunicado que a primeira carteira do IGPTW B3 – índice que reúne as empresas com certificação Great Place to Work (GPTW) de ambiente de trabalho – terá sua composição atualizada a partir de 1º de fevereiro.

Agora, as empresas Localiza (RENT3), Mosaico (MOSI3) e Neogrid (NGRD3) passam a integrar a carteira da B3, e a Bemobi Tech (BMOB3) será considerada como ranqueada.

Segundo informou, a atualização é necessária devido a divergências técnicas nas bases de dados consideradas para a elaboração da carteira inicialmente divulgada. De acordo com as informações oficiais, a primeira carteira do IGPTW B3 reúne ações de 47 empresas.

Doze delas fazem parte do ranking das 150 melhores empresas para trabalhar e possuem peso dobrado no índice em relação às outras 35 empresas que são certificadas pela Great Place to Work (GPTW).

Confira a listagem:

Composição da Carteira GPTW da B3 - Foto: Divulgação
Composição da Carteira GPTW da B3 – Foto: Divulgação

“O novo índice, lançado em parceria pela B3 e pela GPTW, busca capturar a geração de resultados positivos das empresas que investem no ambiente de trabalho, ou seja, que estão embarcadas num processo constante de transformação cultural que privilegia as relações entre as pessoas e o desenvolvimento dos funcionários”, diz a Bolsa de Valores brasileira.

B3 também tem atualização carteira ESG

Ainda no dia 4 de janeiro a companhia divulgou a sua 17ª carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3) que vigora de 3 de janeiro a 30 de dezembro de 2022, com rebalanceamentos quadrimestrais.

A carteira reúne 46 ações, de 46 companhias, pertencentes a 27 setores. Juntas, as companhias somam R$ 1,74 trilhão em valor de mercado, 38,26% do total do valor de mercado das companhias com ações negociadas na B3, com base no fechamento de 30 de dezembro de 2021.

“Essa carteira do ISE B3 considera a nova metodologia, anunciada em julho de 2021, que traz mudanças como a simplificação do questionário e adequação das perguntas, considerando o setor de atuação da empresa, a adoção do scoring CDP-Clima para avaliação da dimensão ‘mudança do clima’ e a incorporação da nota de risco reputacional calculada pelo RepRisk”, diz a B3.

Segundo a Bolsa brasileira, só podem participar do processo seletivo do ISE B3 as empresas detentoras das 200 ações mais líquidas na B3, neste ano representadas por 187 companhias.

Dessas, 73 se inscreveram no processo e 46 foram aprovadas.

As demais 60 empresas responderam ao questionário simulado, com o objetivo de aprofundar seu diagnóstico e avaliar oportunidades de avanço na agenda ESG.

No processo seletivo do ano passado, 45 empresas aplicaram para participar da carteira e 33 responderam ao questionário simulado.

“Os resultados falam por si. As companhias estão mais engajadas e buscando evoluir em suas práticas ESG. Tão importante quanto evoluir é apresentar esse resultado para a sociedade, consumidores e investidores. O ISE B3 as conecta com este último público, que vem buscando bons ativos do ponto de vista da sustentabilidade para aplicar seus recursos”, afirma César Sanches, superintendente de Sustentabilidade da B3.

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO