Arezzo (ARZZ3) anuncia programa de recompra de 10% das ações em circulação

Arezzo (ARZZ3) anuncia programa de recompra de 10% das ações em circulação
Loja da Arezzo. Foto: Reprodução

A Arezzo (ARZZ3) aprovou, nesta segunda-feira (13), o programa de recompra de até 5 milhões de ações em circulação no mercado. O montante equivale aproximadamente a 10% dos papéis em circulação.

O programa terá a duração de, no total, 18 meses contados a partir de hoje.

A empresa ressalta que a efetiva recompra do número total de ações aprovada depende do número de ações em tesouraria mantidas pela Arezzo no momento da negociação, além do saldo das reservas disponíveis.

De acordo com a nota enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Arezzo possui 41 mil ações mantidas em tesouraria.

A recompra de ações é realizada normalmente em situações de estresse de mercado, quando as cotações estão depreciadas. A prática consiste na aquisição de ativos da emissão da própria empresa, que pode custodiá-los em tesouraria ou cancelá-los futuramente.

Arezzo (ARZZ3) compra Carol Bassi por R$ 180 milhões

A Arezzo anunciou, no final de novembro, a aquisição da Carol Bassi, marca de vestuário feminino voltada ao público com alto poder aquisitivo. A transação saiu por R$ 180 milhões.

Com a notícia, analistas do mercado financeiro publicaram suas considerações sobre as ações da Arezzo: o Goldman Sachs (GSGI34) definiu preço-alvo de R$ 117, que representa potencial de valorização de 71,6%, uma vez que as ações estão atualmente cotadas em R$ 68,2. A XP Investimentos, por sua vez, manteve sua recomendação de compra e preço-alvo de R$ 108.

Arezzo vai distribuir R$ 60 milhões em dividendos e JCP

A Arezzo vai pagar R$ 60 milhões em proventos aos seus acionistas, divididos em R$ 33,78 milhões na forma de Juros Sobre Capital Próprio (JCP) e R$ 26,21 milhões na forma de dividendos.

O valor dos proventos por ação da Arezzo será de R$ 0,3392 o valor bruto de JCP e de R$ 0,2632 por ação como dividendos. O pagamento será em parcela única, até 31 de janeiro de 2022.

Apenas os investidores com posição comprada no dia 03 de dezembro de 2021 terão direito a receber os proventos da Arezzo. As ações da empresa passam a ser negociadas “ex-juros“, ou seja, sem direito aos dividendos e aos JCP a partir de 06 de dezembro de 2021.

Victória Anhesini

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO