Ambev (ABEV3) pagará JCP de R$ 0,64 por ação ainda em dezembro

A Ambev (ABEV3) pagará Juros Sobre Capital Próprio (JCP) aos seus acionistas, conforme comunicado pela companhia nesta quarta-feira (7) via aviso arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

O valor dos proventos por ação ABEV3 será de R$ 0,7623 que serão pagos em 29 de dezembro.

Apenas os investidores com ações da Ambev no dia 19 de dezembro terão direito de receber os rendimentos.

A partir do dia 20 de dezembro, as ações serão negociadas sem direito aos proventos.

Segundo documento arquivado na CVM, esses proventos fazem parte dos proventos obrigatórios do exercício de 2022.

O valor dos JCP terá retenção do imposto de renda na fonte, com alíquota de 15%, resultando em aproximadamente R$ 0,6480 líquidos recebidos por ação da Ambev.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

JCP da Ambev

  • Valor recebido por ação: R$ 0,6480
  • Data de corte: 19 de dezembro
  • Data do pagamento: 29 de dezembro
  • Rendimento (dividend yield): 4,037%

Nos últimos cinco pregões, a cotação das ações da Ambev subiu 1,8%, a R$ 16,05. No ano, o papel acumula alta de 4,7%.

XP recomenda compra de ABEV3

Após ver os últimos resultados da Ambev, do terceiro trimestre de 2022, os analistas da XP reiteraram recomendação de compra dos papéis.

O preço-alvo da casa é de R$ 18,10 por ação.

“A AmBev apresentou resultados mistos, porém fortes, com o Brasil melhor do que o esperado e suficiente para compensar um desempenho decepcionante em suas unidades internacionais. O volume consolidado foi recorde para um terceiro trimestre e essa tendência positiva permitiu que os preços aumentassem em 8 dos 10 principais mercados da AmBev”, diz a casa.

“A receita líquida cresceu 3% no comparativo anual, para R$ 20,5 bilhões mi, abaixo da nossa projeção apesar de uma surpresa positiva há muito esperada no Brasil. O EBITDA ajustado foi de R$ 5,6 bilhões, representando alta de 2% no comparativo anual e 7% acima das nossas projeções, acompanhando a melhora das ocasiões fora do domicílio, um melhor portfólio e um processo contínuo de captura de valor via BEEs”, conclui.

A XP destaca, assim, que “segue otimista” com as ações da Ambev e que espera que o próximo trimestre sustente esse momento positivo de ganhos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop-1.jpg

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno