Guilherme Affonso Ferreira Guilherme Affonso Ferreira

Guilherme Affonso Ferreira

Perfil de Guilherme Affonso Ferreira
Nome Completo Guilherme Affonso Ferreira
Nascimento 1951
Local de Nascimento Brasil
Nacionalidade Brasileiro
Formação Engenharia de Produção na Escola Politécnica da USP
Ocupação Investidor
Conhecido Como Guilherme Affonso Ferreira

Biografia de Guilherme Affonso Ferreira

Quem é Guilherme Affonso Ferreira?

Guilherme Affonso Ferreira, é um dos maiores investidores do país, sócio fundador da Teorema Capital. Assim como Guilherme, o mercado financeiro é repleto de nomes talentosos, onde investidores podem entender sobre sua trajetória e trazer aplicações para sua própria vida pessoal.

Além disso, Guilherme Affonso Ferreira foi membro do conselho de administração e acionista relevante do Unibanco, entre os anos de 1984 e 2008. Durante este período, obteve rendimento anual composto em dólar de cerca de 70%.

Atualmente, ele faz parte do conselho de administração da Arezzo, B3 e M Dias Branco. Também chegou a ser conselheiro da Petrobras entre 2015 e 2018, tendo fundamental participação na recuperação da companhia.

Biografia de Guilherme Affonso Ferreira

Guilherme Affonso Ferreira
Foto: Reprodução/YouTube

Nascido em 1951, Guilherme Affonso Ferreira se formou em Engenharia de Produção na Escola Politécnica da USP em São Paulo. Assim que se formou, Guilherme realizou um ano realizando estágio pelo mundo, passando por países como França, Suécia, Alemanha, Austrália e EUA.

ANIVERSARIO SUNO 7 ANOS

Filho de um revendedor da Caterpillar, ele utilizou os negócios da família para começar a fazer sua fortuna. Contudo, até chegar nestas posições de destaque e obter tamanho destaque no mercado financeiro, Guilherme Affonso Ferreira percorreu um longo caminho.

Trajetória profissional de Guilherme Affonso Ferreira

Guilherme Afonso Ferreira
Foto: Reprodução/YouTube

A trajetória profissional de Guilherme tem como início o trabalho dele junto aos negócios da família, mais precisamente a revenda de produtos da Caterpillar. Seu pai acreditava muito na função social do capital para manter empregos e contratar mais pessoas com o reinvestimento dos lucros. Enfim, era um homem que não acreditava no lucro puramente financeiro.

A revenda de produtos Caterpillar, em especial no Brasil, era muito pulverizada, enquanto na maioria dos países existiam apenas um ou dois revendedores. Então, vislumbrando um processo de consolidação, seu pai decidiu entrar no setor.

Contudo, à medida que os negócios iam bem para a família e eles tinham caixa suficiente para comprar concorrentes. Seus pares não aceitavam serem vendidos, na realidade eles nem precisavam, pois, o setor como um todo estava caminhando muito bem. Da mesma forma, quando a situação piorava, ninguém tinha geração de caixa para realizar aquisições de concorrentes.

Era um dilema aparentemente difícil de resolver. No entanto, Guilherme Affonso Ferreira teve a seguinte ideia: com as sobras de capital, porque não começamos a fazer investimentos em negócios com ciclos totalmente diferentes do nosso negócio principal.

Com isso, quando a empresa da família estivesse mal, e por consequência, o dos outros revendedores Caterpillar, eles teriam a oportunidade de comprar alguém com o dinheiro do novo negócio lucrativo. E assim aconteceu, deu muito certo desde então, o dinheiro da família vem sendo gerido através do fundo Teorema, onde Guilherme é o administrador.

Teorema Capital

A Teorema Capital foi o primeiro passo de Guilherme Affonso Ferreira para se tornar um dos maiores investidores do Brasil. Primordialmente, a empresa surgiu, como dito anteriormente, para gerir o dinheiro da família. Contudo, a função da empresa se expandiu com o passar do tempo.

Já em 1986, ele aproveitou um dos momentos mais conturbados da economia brasileira para pôr em prática um projeto de alto risco. Contextualizando, na época, devido ao congelamento de preços e a alta taxa de juros, os bancos possuíam juros na casa de 30% ao mês, devido à redução da inflação a quase 0.

Devido a este cenário, Guilherme Affonso Ferreira passou a estudar sobre o mercado bancário, observando quais bancos poderiam passar sem maiores problemas pela situação descrita acima. Foi então que descobriu o Unibanco, um banco de porte médio, com gestão sólida e um alto potencial.

Como diz a frase popular, “o resto é história”. As ações do Unibanco explodiram, chegando a avançar 70% em dólares anuais, o que colocou o empresário como um dos maiores investidores do mercado financeiro da época. Contudo, após pouco mais de 20 anos, ele teve que vender sua participação após a fusão do Unibanco com o Itaú.

Estratégia de investimento

Guilherme Affonso Ferreira possui uma forma de investir um tanto curiosa em relação ao que encontramos no mercado financeiro. Antes de avaliar uma determinada empresa, ele elabora algo como uma lista de desejos. Nesta lista, é detalhado tudo o que ele gostaria que uma empresa fizesse, bem como o que poderia aumentar seu valor de mercado.

Não há nenhum tipo de padronização, e, para ele, quanto menor for a lista, mais próximo o preço da ação está do seu valor justo. Claro, também exclui da avaliação empresas notoriamente problemáticas, visto que entende serem oportunidades prováveis de se perder dinheiro do que ser uma grande aposta.

Além disso, em sua coluna própria, Guilherme Affonso Ferreira conta sobre 5 lições que aprendeu em investimentos e finanças que, hoje, fazem parte da sua estratégia de investimentos. Confira abaixo:

  • Entenda bem o negócio que está investindo — ao comprar ações de uma empresa, realize uma análise detalhada sobre sua operação;
  • Conheça quem dirige a empresa — não se trata apenas de números, conheça quem dirige a empresa, com isso, você pode entender qual será seu rumo;
  • Vá devagar — é necessário realizar investimentos sólidos e rentáveis, e, a medida que os resultados aparecerem, faça mais análises para só então comprar mais ações -;
  • Crie cenários — é preciso avaliar fatos que regulam as atividades da empresa, bem como podem impactar em seu futuro, com isso, estudar o que pode afetar a evolução de um negócio é fundamental, criando cenários positivos e negativos relacionados à estes fatos;
  • Não conte com a sorte — não invista contando com a sorte, estude, investimento é um processo e não sorte.

EBOOK 10 LIVROS

Livro do Guilherme Affonso Ferreira

Com tamanho conhecimento sobre o mercado financeiro, Guilherme Affonso Ferreira é retratado no livro, um livro, intitulado de Fora da Curva, de Florian Bartunek.

O livro traz depoimentos de 10 grandes investidores brasileiros, inclusive de Guilherme, contando sobre suas próprias carteiras de investimento, bem como experiências no mercado financeiro.

Os convidados compõem os mais diversos perfis de investidores do mercado financeiro brasileiro, sendo eles:

  • Luis Stuhlberger, gestor do renomado Fundo Verde.
  • Guilherme Affonso Ferreira, sócio da Teorema Gestão.
  • Florian Bartunek, gestor da Constellation.
  • André Jakurski, gestor da JGP.
  • Antonio Bonchristiano, CEO da GP Investments.
  • Guilherme Aché, sócio da Squadra Investimentos.
  • Luiz Fernando Figueiredo, fundador da Mauá Capital.
  • José Carlos Reis de Magalhães Neto, fundador da Tarpon Investimentos.
  • Meyer Nigri, fundador da Tecnisa.
  • Pedro Damasceno, sócio da Dynamo

Resumidamente, Fora da Curva traz a trajetória de cada um destes investidores, retratando como eles se comportaram em momentos de crise. Inclusive, a maioria deles viveu a década de 90, momento turbulento da economia brasileira, com alta instabilidade aliadas a importantes crises políticas.

O que achou da trajetória de vida de Guilherme Affonso Ferreira? Deixe nos comentários a parte que mais chamou sua atenção.

Ler mais

Compartilhe sua opinião