Abílio Diniz Abílio Diniz

Abílio Diniz

Perfil de Abílio Diniz
Idade 85
Nome Completo Abílio dos Santos Diniz
Nascimento 28/12/1936
Local de Nascimento São Paulo, Brasil
Filhos 6
Nacionalidade Brasileiro
Formação Administração
Ocupação Presidente do Conselho de Administração da Península Participações
Fortuna R$ 15,6 bilhões (2021)
Conhecido Como Abílio Diniz
Estado Civil Casado
Site Oficial http://abiliodiniz.com.br/
Redes Sociais Facebook Twitter Linkedin

Biografia de Abílio Diniz

Quem é Abílio Diniz

Abilio Diniz é presidente do Conselho de Administração da Península Participações. Esta é uma empresa de investimento privado, focada na criação de valor a longo prazo. Abílio também é responsável direto pelo crescimento do Grupo Pão de Açúcar, empresa fundada em sociedade com seu pai.

Ele é uma das pessoas mais ricas do Brasil em 2022. Segundo a Forbes, o patrimônio de Abilio Diniz é estimado em US$ 2,7 bilhões.

Ele foi presidente do Conselho de Administração da BRF até abril de 2018, cargo em que permaneceu por cinco anos. Sua saída ocorreu por conta das crises vividas pela empresa, em especial a operação Carne Fraca, além da instabilidade do mercado financeiro naquele momento.

Em 2022, aos 85 anos, o empreendedor Abílio Diniz decidiu se arriscar um novo desafio, assumir o comando do CNN Brasil Soft, um programa de entrevistas.

Biografia de Abílio Diniz

Abilio Diniz nasceu no dia 28 de dezembro de 1938, na cidade de São Paulo. Primogênito – entre os seis filhos – do casal Floripes Pires e do português Valentim Diniz. Abílio fez o primeiro grau no Colégio Anglo Latino e concluiu o colegial no Colégio Mackenzie, quando decidiu que cursar administração de empresa seria seu próximo passo.

Aliando seu trabalho na doceria do pai, Abílio se formou em Administração de Empresas em 1959, pela Faculdade Getúlio Vargas – FGV. Sua ideia era continuar estudando ao término da graduação, e já estava até de “malas prontas” para iniciar sua de pós-graduação nos Estados Unidos.

Porém, ele fez com que ele adiasse os estudos por quase cinco anos. Em 1965, o administrador foi para os Estados Unidos se especializar Marketing pela Universidade de Ohio e Economia pela Universidade Columbia, em Nova Iorque.

Período fundamental para que Abilio Diniz aliasse suas habilidades sólidas de administrador com ideias mais arriscadas comuns no marketing e no mercado de ações. Esses aprendizados influenciaram diretamente no modo como o bilionário brasileiro superou grandes crises enfrentadas pelo Grupo Pão de Açúcar no início da década de 90.

Grupo Pão de Açúcar

Abilio Diniz
Foto: Victor Moriyama/Bloomberg 

O bilionário é sócio e fundador do Grupo Pão de Açúcar. A história do Abilio Diniz na empresa começou com a Doceria que levava o mesmo nome do grupo, inaugurada em 1948 por Valentim Diniz, seu pai. Depois de 11 anos, no ano de 1959, se tornou um supermercado, fruto de uma parceria entre pai e filho.

Apesar de o logo e nome ser igual ao do ponto turístico da cidade do Rio de Janeiro, o pequeno supermercado ficava na cidade de São Paulo. Ele então viria a se consolidar como a maior rede de varejo do Brasil.

No final da década de 80, o Grupo cambaleava de tal modo a ponto de fazer com que Valentim pedisse para que Abílio retornasse para a direção da empresa, cargo que não ocupava há alguns anos.

Em troca, o bilionário brasileiro teria plenos poderes para tocar o negócio. Com o lema “corte, concentre e simplifique”, o empresário conseguiu recuperar a empresa, que naquele momento estava prestes a decretar falência. Para isso tomou medidas radicais que afetaram até o alto escalão do Grupo.

Ainda assim, o ato de Valentim ao dar “plenos poderes” ao Abílio não agradou aos outros cinco irmãos. Isso desencadeou uma crise interna no Grupo Pão de Açúcar que duraria até 1994, quando Abílio se tornaria acionista majoritário e somente sua irmã Lúcia continuaria presente na empresa, com 12% do grupo.

Saída de Abílio Diniz no Grupo Pão de Açúcar

Em 1995, o Grupo Pão de Açúcar se tornou uma empresa de capital aberto. No ano de 1997 achou caminhos de como aplicar na Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE). Após sua entrada na bolsa, a empresa acabou acelerando de forma ainda mais acentuada o seu plano de crescimento.

Nesse sentido, o Pão de Açúcar trabalhou na compra de diversos supermercados de bairros, que antes eram voltados para as classes mais populares. Já em 1999 o grupo francês Casino adquire 24% da empresa.

No ano 2000, Abílio começou uma estratégia de reengenharia na Companhia Brasileira de Distribuição. Assim, a empresa se tornou líder entre as maiores redes de varejo do Brasil. No entanto, ele deixou de lado o cargo de Presidente Executivo do Grupo no ano de 2003, por conta do seu intuito de ter mais profissionalização. Nesse caso, o Grupo Cassino e Abílio Diniz dividiram igualmente o controle do Grupo.

Por fim, em 2003 Abílio deixou a presidência do Grupo para se tornar conselheiro. O grupo permaneceu na família Diniz até o ano de 2013, quando Abílio, último dos “Diniz” com ligação com a empresa, deixou o negócio. Desde 2014 ele está se dedicando majoritariamente ao grupo Península Participações, além de tocar outros negócios.

Desde então, a rede de supermercados tem o nome de Companhia de Distribuição de Alimento – GPA, gerida pelo grupo francês Casino, entidade que desde 1999 faz parte da rotina da gigante do varejo.

Empresas do Abílio Diniz

Além de presidente do conselho de administração da BRF, Abilio Diniz é dono do Carrefour Brasil. O Grupo Pão de Açúcar, que ele foi sócio, incluía o setor de varejo de alimentos, assim como Pão de Açúcar e Extra, bandeiras do Ponto Frio e Atacarejo. Uma das empresas de Abílio também é a Casas Bahia, em que ele é o principal sócio.

Carrefour

No ano de 2014, o empreendedor Abílio Diniz comprou 10% do Carrefour Brasil, pelo valor de 525 milhões de euros. Com essa nova aquisição, o empresário retornava ao mercado de varejo, concorrendo justamente com o Grupo Pão de Açúcar.

Ele se tornou membro do Conselho de Administração do Grupo Carrefour no ano de 2016. Abílio tem outras duas cadeiras no conselho e cerca de 7,46% do capital integral da empresa, sendo o 3º maior acionista do grupo.

No ano de 2017, ocorreu a abertura de capital na bolsa de valores brasileira (B3). Na ocasião, teve um levantamento de R$5,12 bilhões para o Carrefour. Sua história na companhia também é marcada pela compra do Big, o antigo Walmart.

Abílio e o esporte

Abílio nunca escondeu sua paixão pelo futebol e, principalmente, pelo São Paulo. De forma que com frequência ele é citado nos bastidores do clube paulista como candidato à presidência. Ele é um importante investidor do Núcleo de Alto Rendimento do São Paulo, com o intuito no crescimento de atletas olímpicos.

Abilio Diniz defende que o esporte foi fundamental para seu sucesso profissional e ajudou em sua carteira de ações, afinal trouxe coisas que se assemelham nos dois universos.

Abílio tem 6 filhos, sendo 4 do primeiro casamento, que ocorreu no ano de 1960 com Maria Auriluce Falleiros. Os outros dois vieram de seu segundo casamento, com a economista Geyze Diniz com quem ainda se encontra casado.

Livros do Abílio Diniz

Como um importante homem de negócios, muitos acabam levando Abílio como um dos exemplos no empreendedorismo. No ano de 2009, ele foi então colocado na lista dos 100 brasileiros mais influentes do ano pela Revista Época. A fortuna de Abilio Diniz também já apareceu nos rankings da Forbes.

Por conta de todo esse reconhecimento, ele possui alguns livros em seu nome, como os títulos:

  • Novos Caminhos, Novas Escolhas;
  • Abilio – Determinado, Ambicioso, Polêmico;
  • Caminhos e Escolhas.

O que achou da trajetória de sucesso de Abilio Diniz? Deixe nos comentários a parte que mais chamou sua atenção.

Ler mais

Perfis Relacionados a Abílio Diniz

Compartilhe sua opinião