Via Varejo (VVAR3) vende R$ 3 bilhões na Black Friday, alta de 37%

Via Varejo (VVAR3) vende R$ 3 bilhões na Black Friday, alta de 37%
Via Varejo

A Via Varejo (VVAR3), dona das Casas Bahia e do Ponto Frio, informou que as vendas (GMV) durante a Black Friday atingiram R$ 3 bilhões, superando o recorde de 2019, quando vendeu R$ 2,2 bilhões. O número representa uma alta de 37% ante o ano anterior.

Segundo fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), entre 22 e 28 de novembro, as vendas online cresceram 99%, com participação de 62,4% nas vendas totais. A empresa destacou o marketplace (3P), que cresceu 125%.

O market share no período cresceu 4,2 pontos porcentuais, de acordo com análise do Compra & Confie. Segundo a Via Varejo, o Vendedor Online (chamado “Me Chama no Zap”) atingiu 18% das vendas online, sendo 25% no 1P (Varejo digital direto) e 16% no 3P (marketplace).

Além disso, a empresa informou que as vendas com opção de retirada na loja cresceram 142%.

Dentre as categorias com maior crescimento, a empresa destacou:

  • Informática +109% (+177% no 1P)
  • Telefonia celular +37% (+110% no 1P)
  • Televisores +24% (+83% no 1P)

No 3P, a Via Varejo destacou:

  • Esporte / lazer (+263%)
  • automotivo (+186%)
  • cama mesa e banho (+103%)

“Atingimos nosso objetivo de segmentar o evento promocional anual conhecido como Black Friday ao longo de toda a semana do dia 22 de novembro, mitigando o risco de aglomerações em nossas lojas físicas e prezando pelo bem estar de nossos clientes diante da pandemia do COVID”, afirmou o documento, assinado pelo diretor vice-presidente financeiro e diretor de relações com investidores da Via Varejo, Orivaldo Padilha.

A Via Varejo destacou que os dados são gerenciais, preliminares e não auditados.

Via Varejo estava mais preparada, segundo XP

Na semana passada, a XP Investimentos afirmou que a Via Varejo estava melhor preparada estrategicamente para a Black Friday devido ao fornecimento de estoques e frete grátis. Na análise dos especialistas, o diferencial no e-commerce é ter estoque, ainda mais no contexto atual de pandemia.

“Estamos observando uma falta de estoque na indústria. Nesse sentido, destacamos a Via Varejo como um empresa bem posicionada uma vez que a companhia tomou a decisão estratégica de manter as compras de fornecedores durante toda a pandemia, garantido um estoque robusto para a Black Friday”, apontou o relatório da XP.

Natalia Gómez

Compartilhe sua opinião