Vale (VALE3) aumenta valor por ação em dividendos de R$ 40,2 bi; veja para quanto

Vale (VALE3) aumenta valor por ação em dividendos de R$ 40,2 bi; veja para quanto
Vale. Divulgação/Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

A Vale (VALE3) anunciou nesta quarta-feira (22) o valor final dos dividendos por ação anunciados na última semana.

Os valores por ação subiram de R$ 8,1083 para R$ 8,197239442.

Em fato relevante, a Vale explica que a alteração no valor por ação de seus dividendos aconteceu porque o número de ações da Vale em circulação mudou devido ao programa de recompra anunciado no início de abril.

A mineradora já havia informado que o valor dos dividendos por ação poderia sofrer uma pequena alteração devido a esse programa de recompra.

Nesse cenário, apenas o valor por ação sofreu alteração. O total dos dividendos da Vale continua sendo de R$ 40,2 bilhões.

O pagamento desses dividendos foi aprovado no último dia 16 de setembro, e os proventos são referentes ao primeiro semestre deste ano, com o valor apurado com base no balanço de 30 de junho.

O pagamento dos dividendos acontecerá no dia 30 de setembro, sendo que a data de corte para os investidores donos de ações da mineradora, negociadas na B3, será em 22 de setembro, enquanto a record date para os detentores de ADRs, negociados na NYSE, será em 24 de setembro.

Assim, as ação da Vale passará a ser negociada “ex-dividendo” na Bolsa de Valores brasileira e na Bolsa americana a partir do dia 23 de setembro.

Por volta das 16h de hoje, a ação da Vale (VALE) operava em alta de 3,46%, valendo R$ 87,03. No ano, o papel acumula queda de 0,47%, frente ao fechamento a R$ 87,45 ao final de dezembro de 2020.

Vale: BB reforça recomendação de compra com novo preço-alvo

Na última semana semana o  BB investimentos reforçou sua recomendação de compra para a Vale, com um novo preço alvo de R$ 125 para o ano que vem.

Em relatório, o BB Investimentos explica que revisou seu modelo financeiro para incorporar as novas estimativas da Vale, assim como os resultados recentes e novas premissas para o setor de mineração.

Além disso, o banco comentou sobre os proventos da Vale. O BB vê que a mineradora continua se consolidando entre as maiores empresas pagadoras de dividendos da Bolsa de Valores de São Paulo (B3). Em 2021, a mineradora desembolsou US$ 6,2 bilhões em proventos.

A previsão do BB era de que a Vale anunciaria o pagamento de, no mínimo, US$ 5,3 bilhões, referente ao primeiro semestre desse ano. O relatório enfatiza que, somados, os valores representariam cerca de US$ 2,28 por ação, e equivalem a um yield de cerca de 12,7%.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião

Manual 10 passos essenciais para se tornar um investidor de sucesso. Baixe Grátis!

Baixar agora!