AGENDA

Unidas (LCAM3) compra Sofit, companhia de sistemas para gestão de frotas

Unidas (LCAM3) compra Sofit, companhia de sistemas para gestão de frotas
Unidas (LCAM3). Foto: Divulgação

A Unidas (LCAM3) comprou, por meio de sua subsidiária Agile, a Sofit, empresa que atua com sistemas online para gestão de frotas. O valor da operação não foi revelado.

De acordo com a Unidas, a aquisição reforça o foco da companhia em colocar o cliente no centro da sua estratégia, agora com a entrega de soluções de gestão de frotas, seja para veículos alugados ou não.

“Com a integração de suas plataformas tecnológicas, as empresas ampliarão ainda mais a oferta de produtos e serviços de alta qualidade aos clientes de Unidas e Sofit. Com isso, as empresas reafirmam o propósito de estabelecer relações cada vez mais completas, inovadoras, de alto impacto e longo prazo com seus clientes”, afirma a companhia em nota.

A Sofit atua com sistemas online para gestão de frotas, comercializando tecnologia de ponta e adaptada para atender variados processos de operações de frotas no Brasil. No mercado há mais de 10 anos, a Sofit possui uma carteira com mais de 500 clientes, com frotas de até 3.000 veículos.

A aquisição será implementada, pela Agile, com ações representativas de 100% do capital social da Sofit, e será paga pela Agile, sendo uma parcela em dinheiro e outra mediante a entrega de ações da companhia de titularidade da Agile — portanto, sem qualquer diluição de acionistas da Unidas.

“A Assembleia Geral Extraordinária da Companhia que deliberará sobre os termos da Aquisição Sofit será oportunamente convocada”, informou o documento.

Veja Também:

Unidas vê lucro líquido saltar 164,5% no 3T21, para R$ 106,1 milhões

O lucro líquido da Unidas somou R$ 106,1 milhões no terceiro trimestre deste ano, um salto de 164,5% em comparação com o ganho de R$ 40,1 milhões apurado no mesmo trimestre em 2020.

Contudo, o balanço da Unidas no terceiro trimestre aponta que “em 30 de setembro de 2021, se o CDI aumentasse em torno de 2,84% e o IPCA reduzisse 5,32%, considerando que todas as demais variáveis fossem mantidas constantes, o lucro líquido do período apresentaria variação de R$ 18.346 mi negativos (R$ 3.861 negativos em 30 de setembro 2020), principalmente em decorrência de despesas de juros mais altos nos empréstimos de taxa variável, não protegidos por operações de swap.”

Por outro lado, a receita líquida da Unidas ao final de setembro somou R$ 860 milhões, queda de 27,1% na comparação ano a ano. As despesas operacionais da empresa ficaram em 127 milhões no período, alta de 33,2%, enquanto as despesas financeiras líquidas cresceram 44% para R$ 43,7 milhões, ambas na base anual de comparação.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!