Trígono e Teva lançam ETF de small caps, com Camil (CAML3) e CVC (CVCB3)

Trígono e Teva lançam ETF de small caps, com Camil (CAML3) e CVC (CVCB3)
Small caps. Foto: Pixabay.

A Trígono Capital e a Teva Indices lançaram nesta sexta-feira (12) TRIG11, fundo de índice (ETF) composto por smalls caps, entre as quais Camil (CAML3), Lojas Marisa (AMAR3) e CVC (CVCB3).

O ETF Trígono Teva Ações Micro Cap / Small Caps Fundo de Índice segue as companhias que cobrem 5% da capitalização de mercado da Bolsa de Valores de São Paulo (B3). Dentre elas, são selecionadas as com liquidez mensal superior a R$ 50 milhões, 100% de presença de negociação nos pregões dos últimos dois meses e free float maior do que 20%; que não estejam passando por processos de recuperação judicial.

O índice também conta com filtros ESG (boas práticas ambientais, sociais e de governança) ao excluir empresas dos setores de tabaco e armamentos, empresas com patrimônio líquido negativo ou que não publicam seus demonstrativos financeiros nos prazos regulatórios.

De acordo com Frederico Mesnik CEO e sócio cofundador da Trígono Capital o TRIG11 é o único fundo de índice “puro sangue” small caps do mercado com estratégia de micro e small caps.

Atualmente, a carteira abrange 16 setores do mercado. Dentre elas, estão empresas como:

Até o dia 14 de outubro de 2021, o índice Teva Ações Micro Caps acumulou um retorno de 20,4% em 12 meses, ante 12,0% e 14,9% dos índices de small caps e Ibovespa, respectivamente. A taxa de administração do ETF é de 0,6% ao ano.

Gabriel Verea, CEO da Teva Indices, ressaltou que o fundo de índice “é uma forma simples de diversificação da carteira e exposição a muitas empresas que acabam de fora dos portfólios dos investidores”.

Cotação do ETF TRIG11 nesta sexta-feira

No fechamento do pregão desta sexta-feira, o ETF TRIG11 encerrou cotado a R$ 45,60.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!