Resultados do 2T22

Tesouro Direto alcança marca histórica de 1,9 mi de investidores ativos em fevereiro

Tesouro Direto alcança marca histórica de 1,9 mi de investidores ativos em fevereiro
Tesouro Direto. Foto: Pixabay

Com a escalada da taxa Selic, os títulos do Tesouro Direto estão se tornando cada vez mais atrativos aos olhos dos investidores. É o que revelam dados divulgados nesta quarta (30) sobre o total de investidores, que atingiu recorde em fevereiro.

O número de investidores ativos no Tesouro Direto chegou à marca de quase 1,9 milhão em fevereiro deste ano. Esse é o maior número de investidores da série histórica, iniciada em agosto de 2005.

Na comparação com o fevereiro de 2021, esse valor representa um aumento de 26,7%. Já em relação a janeiro, houve registro de 35 mil novos investidores ativos, segundo o balanço do Tesouro Direto.

De acordo com o documento, a participação do público feminino entre os investidores cadastrados recuou nos últimos 12 meses. O número total de investidores cadastrados era de 17,3 milhões – 71% homens e 29% mulheres.

Em fevereiro do ano passado, o número total de investidores do Tesouro Direto era de 9,8 milhões, sendo 33% mulheres e 67,1% homens.

Investimentos queridinhos do Tesouro Direto

O papel mais buscado pelos investidores é o Tesouro Selic, que totaliza participação de 60% das vendas de fevereiro. O número de investidores nesse ativo vem aumentando gradualmente porque está diretamente atrelado à taxa básica de juros (Selic) – atualmente em 11,75%, com projeção de subir até 13% ao fim deste ano.

Além disso, papéis com remuneração atrelada à inflação (pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA) representaram 29% das vendas. Os prefixados corresponderam a cerca de 11%.

Já em relação aos prazos, os títulos de prazo curto, ou seja, entre um e cinco ano, alcançaram 55,7% do total. As aplicações em ativos com vencimento acima de 10 anos representaram 12,74%, enquanto os títulos com vencimento médio, de 5 a 10 anos, corresponderam 31,55% do total.

O valor médio por operação nos títulos do Tesouro Direto foi de R$ 6.448,42. As aplicações de até R$ 1 mil representaram 62,18% das operações de investimentos no mês de fevereiro.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO