Gigante chinesa virá ao Brasil e pode ser a grande rival de Shein e Shoppe; Saiba qual

A Temu, gigante chinesa de marketplace, esteve no Brasil com o objetivo de buscar dados sobre o comércio online brasileiro, e também informações referentes ao comportamento dos clientes por aqui.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-2-1.png

A Temu vem ao Brasil para saber como os seus concorrentes conseguiram se estabelecer no mercado local. Além disso, também visa estudar o potencial de crescimento das vendas do e-commerce brasileiro.

A Temu deve chegar em breve no Brasil como a mais nova concorrente de Shein, Shopee e Aliexpress. Mas, além disso, também deve rivalizar com outras empresas do setor, como a própria Amazon, por exemplo.

Segundo informações da NIQ Ebit, aproximadamente 72% dos que usam comércio online no Brasil utilizam sites internacionais. Uma das razões seria o preço mais atrativo em relação ao varejo brasileiro. Além disso, o fator pandemia também acelerou essa tendência, já que antes desse período esse percentual era de 58%, um avanço de 14 p.p.

Por que a Temu pretende vir ao Brasil?

Embora o volume financeiro em compras online seja pequeno no Brasil quando comparado a países como China, por exemplo, o mercado brasileiro chama a atenção por registrar um crescimento anual de 30%.

Durante a pandemia, que foi um momento atípico e favorável ao e-commerce, seu crescimento foi de 87% no Brasil.

Assim, com esse grande avanço, somado ao relevante espaço de crescimento que ainda se tem para esse mercado, as empresas do comércio online começam a enxergar o Brasil como um local promissor para instalar sua marca, como é o caso da Temu.

Segundo aponta uma fonte próxima ao assunto, e conforme destacado pelo jornal Valor Econômico, o interesse da Temu no Brasil é justamente esse potencial de crescimento. Nesse sentido, a empresa está buscando conectar o cliente de forma direta ao fabricante do produto, visando tirar intermediários o máximo que puder.

Além disso, a Temu busca ser uma das principais empresas do setor dentro do Brasil. Assim, as alterações das regras sobre imposto de importação, colocadas pelo Governo Federal, já era algo esperado pela empresa.

A Temu conta com no mínimo 30 categorias em sua plataforma e com uma diversidade de produtos distintos, que englobam desde casa e eletrônicos, até saúde e beleza, por exemplo. Desde que surgiu, no ano passado, vem se destacando pelo seu rápido crescimento.

A Temu já está presente em 18 países, e talvez brevemente no Brasil. Mesmo estando apenas no seu primeiro ano de história, ela já alcançou a marca de US$ 2,3 bilhões em vendas.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

João Vitor Jacintho

Compartilhe sua opinião