Semana do Fiagro

TC (TRAD3) compra Economatica por R$ 40 milhões, maior aquisição desde IPO

TC (TRAD3) compra Economatica por R$ 40 milhões, maior aquisição desde IPO
TC. Foto: Reprodução Site RI

O Traders Club (TRAD3), conhecido com TC, comprou a empresa de informações financeiras Economatica por R$ 40 milhões. Trata-se da maior aquisição da companhia desde a abertura de capital, que aconteceu em junho deste ano. As informações foram divulgadas pelo jornal Valor Econômico.

O valor da operação será todo transferido para o caixa da empresa e Danillo Emerick, head de operações B2B do Traders Club, assume o comanda da empresa de informações financeiras. A compra da Econamatica acontece em um momento em que as ações do TC têm acumulado queda de 49,21% no ano

Em entrevista ao jornal, o diretor de relações com investidores, Pedro Machado, disse que a Economatica tem muitos dados da América Latina, o que pode abastecer vários segmentos do TC.

No mês passado, o Traders Club anunciou duas aquisições. A empresa comprou a Abalustre  – Tecnologia para Investimentos, plataforma para integração de fontes de dados. O valor total da transação será ajustado de acordo com as variações das ações do TC, até o quarto aniversário da compra. Considerando a atual cotação do TC, a operação alcançaria o valor aproximado de R$ 6,7 milhões.

Já a segunda aquisição foi a RIWeb, sociedade resultante da cisão parcial do Grupo Comunique-se, por R$ 6,5 milhões.

Sobre o TC

Fundado em 2015, o TC é uma plataforma social para investidores da América Latina, com mais de 470 mil usuários.

A plataforma infotech possui features sociais, como espaço para fóruns de discussão e postagem de Trade Ideas, além de features técnicas e informacionais, incluindo um feed de notícias de mercado, estatísticas em tempo real, ferramentas analíticas e conteúdo educacional dedicado para suportar discussões, análises e decisões de investimento dos usuários.

A base de usuários da plataforma cresceu cerca de 24 vezes entre 31 de março de 2018 e 30 de abril de 2021, representando uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 179%. Até abril, eram 75 mil usuários pagantes.

A receita líquida do TC saiu de R$ 5,01 milhões, em 2019, para R$ 40,12 milhões, em 2020. Na mesma comparação, o lucro líquido da empresa avançou de R$ 414 mil para R$ 13,15 milhões.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO