Grana na conta

Taurus (TASA4) fecha memorando de bases comerciais com IMBEL

A Taurus (TASA4) informou, na manhã desta quarta-feira (3), que fechou um memorando de entendimentos não vinculativos com o intuito de estabelecer bases técnicas e comerciais com a IMBEL, empresa brasileira creditada pelo Ministério da Defesa como a primeira Empresa Estratégica de Defesa (EED).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Segundo o fato relevante, o memorando tem por objetivo determinar entre as bases técninas e comerciais iniciais para a celebração de possíveis instrumentos específicos no futuro. Segundo a Taurus, contudo, os termos e condições de execução do negócio ainda não foram definidos.

A entendimento entre as companhias visa a “possível contratação de serviços de industrialização por encomenda (IPE) de produtos e serviços de portfólio da IMBEL, e implantação e operação, em conjunto, ou isoladamente, de um Órgão de Acreditação e Certificação”.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Além disso, o memorando abre caminho para a “pesquisa e desenvolvimento e produção de novos produtos; e, ainda, a comercialização conjunta de produtos e serviços de ambas as empresas”, diz o comunicado da companhia ao mercado.

O prazo inicial do memorando assinado será de cinco anos, podendo ser prorrogado por mais cinco ano. Para que o entendimento seja renovado, deverá ser formalizado mediante a um aditivo contratual entre a Taurus e a IMBEL.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-1420x240-3.png

“A celebração desse Memorando de Entendimentos é mais um importante passo no processo da Taurus no desenvolvimento de tecnologia, principalmente, quando envolve duas Empresas Estratégicas de Defesa (EED)“, afirmou a empresa, que se comprometeu em manter o mercado e os investidores devidamente informados sobre o andamento do negócio.

Taurus efetuará troca de 704 pistolas da Polícia Civil de Goiás

A Procuradoria-Geral do Estado de Goiás (PGE) informou, na última segunda-feira (1), que fechou um acordou com a Taurus, o qual foi homologado pela Justiça, que fará com que a empresa forneça 704 novas pistolas à Polícia Civil.

O processo para a troca dos itens começou em 2017, quando policiais passaram a relatar problemas com o armamento.

Em comunicado, a Polícia Civil de Goiás disse que “a Comissão de Armamentos e Produtos Controlados da Polícia Civil tomará conhecimento dos exatos termos do acordo firmado, e, nos respectivos limites, e visando ao atendimento das necessidades institucionais, fará as opções técnicas a ela cabíveis”.

Segundo o procurador responsável pelo caso, Frederico Pinheiro, as armas da Taurus do mesmo lote das que apresentaram os problemas foram retiradas de circulação e estão guardadas. Estão sendo usadas pistolas de modelos antigos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião