S&P 500 fecha em alta recorde com otimismo sobre aprovação do pacote de infraestrutura

S&P 500 fecha em alta recorde com otimismo sobre aprovação do pacote de infraestrutura
S&P 500. Foto: Pixabay

Os índices Nasdaq e S&P 500 fecharam as negociações desta quinta-feira (05) em máximas recordes. Investidores gostaram dos dados de solicitações de auxílio-desemprego, divulgados hoje, que mostraram queda nos pedidos.

Mas o otimismo no S&P 500 gira em torno mesmo do relatório da folha de pagamento não agrícola (payroll) de julho, que será divulgado nesta sexta-feira. É o relatório de empregos mais importante do país, e deve movimento o S&P 500 e as outras bolsas de valores amanhã.

Hoje, o Dow Jones fechou em alta de 0,71%, a 35.041,14 pontos, o S&P 500 subiu 0,56%, a 4.427,19 pontos, e o Nasdaq avançou 0,74%, a 14.889,79 pontos. Sendo os dois últimos, novos recordes históricos de fechamento.

Também movimentaram as bolsas americanas as expectativas em relação ao pacote de infraestrutura do presidente Joe Biden. A votação final deve acontecer neste final de semana e os investidores aguardam a aprovação dos US$ 1 trilhão previstos no projeto.

Os legisladores esperam uma aprovação do pacote com amplo apoio bipartidário. Dezessete republicanos, incluindo o líder da minoria no Senado, Mitch McConnell, juntaram-se aos democratas para ajudar nesta votação.

Desempenho das ações no S&P 500

Com isso, nove dos 11 setores do S&P 500 se recuperaram nesta quinta, após a queda da véspera. Apenas os grupos de saúde e suprimentos terminaram em queda. Marathon Oil (M1RO34), Wynn Resorts (W1YN34) e American Airlines (AALL34) estavam entre as maiores altas do índice, com todos os três subindo em torno de 6% ou mais.

Da área da saúde, as ações da Moderna (M1RN34) caíram 0.67% no S&P 500, cotadas a US$ 416,26, apesar de ter reportado lucros e receitas do segundo trimestre que superaram as estimativas de Wall Street.

Em notícias corporativas, a corretora Robinhood (Nasdaq: HOOD) se destacou. Caiu 28%, para US$ 50,97, depois que a empresa informou que seus investidores podem vender até 98 milhões de ações ao longo dos próximos meses.

No dia anterior, os papéis da corretora subiram 50%, com o início da negociação de opções para as ações.

Petróleo fecha em alta

Após três quedas seguidas, com acúmulo de perdas na faixa dos 7% , o petróleo fechou em alta nesta quinta. Investidores ponderam se os riscos sobre a variante Delta da Covid-19 sobre a demanda de energia não estão exagerados.

Os barril tipo Brent para outubro fechou em alta de 1,29%, cotado a US$ 71,29, em Londres. Já em Nova York, os preços dos contratos para setembro do WTI avançaram 1,37%, a US$ 69,09 o barril.

Cotação do S&P 500 no dia anterior

O S&P 500 encerrou quarta-feira (04) em queda de 0,46%, a 4.402,69 pontos.

Monique Lima

Compartilhe sua opinião

Manual 10 passos essenciais para se tornar um investidor de sucesso. Baixe Grátis!

Baixar agora!