URGENTE

Smart Fit (SMFT3) precifica IPO a R$ 23 por ação, diz jornal

Smart Fit (SMFT3) precifica IPO a R$ 23 por ação, diz jornal
Smart Fit (SMFT3). Foto: Reprodução/Site Smart Fit

A Smart Fit (SMFT3) precificou a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a R$ 23,00 por papel, apesar da demanda suficiente para um preço mais elevado. A informação é do Valor Econômico.

De acordo com o jornal, a operação da rede de academias teve uma demanda 20 vezes superior ao tamanho da oferta em reservas, incluindo os âncoras. Ainda assim, a Smart Fit preferiu manter o compromisso com âncoras, reportou o Valor citando duas fontes. Os investidores considerados estratégicos estavam vinculados ao piso da faixa, a qual ia de R$ 20,00 a R$ 25,00, porém não precisariam ficar caso o preço fugisse disso.

O lote adicional não foi vendido, também devido à procura. O plano é acessar o mercado em outra ocasião e guardas as ações para um segundo momento.

A oferta foi totalmente primária, na qual os recursos serão destinados ao caixa, com a distribuição de 100.000.000 de ações.

A Smart Fit pretende utilizar os recursos líquidos para:

  • retomada do plano de crescimento de academias Smart Fit (70,1%);
  • oportunidades de aquisições estratégicas (14,1%)
  • aquisição de ações da SmartEXP (10,8%);
  • investimentos em iniciativas para o desenvolvimento e fortalecimento do ecossistema (5,0%).

As ações ordinárias devem ser listadas no segmento de Novo Mercado da B3 no dia 14 de julho.

Os coordenadores da oferta foram Itaú BBA (Coordenador Líder), Morgan Stanley (Agente Estabilizador), Santander Brasil (SANB11), BTG Pactual (BPAC11) e Banco ABC (ABCB4).

Sumário da Smart Fit

A Smart Fit está presente em 13 países da América Latina e liderança, em número de clientes ativos no Brasil, no México e na região composta por Colômbia, Chile e Peru, operando no segmento high value low price.

O número total de academias da empresa chegou a 928 em março de 2021, sendo que das unidades em funcionamento no período:

  • 538 estão localizadas no Brasil;
  • 184 no México;
  • 206 distribuídas entre Colômbia, Chile, Peru, Panamá, Costa Rica, Argentina, Paraguai, El Salvador, Equador, Guatemala e República Dominicana.

A base de clientes ativos do grupo atingiu cerca de 2,8 milhões antes do início da pandemia de Covid-19, em 31 de março de 2020.

A companhia possui aplicativos para treino e acompanhamento nutricional através de plataformas de vendas B2C e B2B e disse acreditar ser líder no setor de fitness digital na América Latina. O ecossistema possuía 2,8 milhões de clientes ativos, antes do início da pandemia de Covid-19.

Em 2020, a receita operacional líquida da Smart Fit recuou para R$ 1,256 bilhão, ante R$ 1,984 bilhão, no ano anterior. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado caiu de R$ 551,297 milhões para R$ 53,829 milhões na mesma comparação.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião