AGENDA

Ser Educacional (SEER3) tem captação recorde de alunos no 3T21; ação sobe mais de 5%

Ser Educacional (SEER3) tem captação recorde de alunos no 3T21; ação sobe mais de 5%
Foto: Pixabay

A Ser Educacional (SEER3) captou 53,1 mil alunos de graduação e pós-graduação no período de julho a setembro deste ano, volume de 29,4% maior em comparação com o terceiro trimestre de 2020. A prévia operacional foi divulgada nesta quinta-feira (7).

Essa foi a maior captação da Ser Educacional em um período de três meses na história. Após a notícia, por volta das 12h20, as ações da Ser Educacional disparavam a 5,03%, negociados a R$ 11,91.

De acordo com a empresa, a captação de alunos de graduação híbrida (presencial) apresentou crescimento de 31,9% na comparação com o período de julho a setembro do ano passado.

A empresa atribuiu a alta os seguintes fatores:

  • ampla aceitação da Ubíqua, nova metodologia acadêmica da companhia;
  • introdução de novos formatos de distribuição e canais comerciais, que acelerou as vendas;
  • normalização do calendário de matrículas para alunos do PROUNI e FIES.

O segmento de graduação de ensino digital apresentou um crescimento de 32,1% na captação no terceiro trimestre deste ano.

“Resultado principalmente da maturação do novo modelo de oferta de ensino de graduação e pós-graduação digital introduzido a partir do 3T20,que incluiu a criação de um portfólio de cursos mais amplo e moderno.”

Ser Educacional capta 3,6 mil alunos da pós-graduação

A captação da pós-graduação digital apresentou um crescimento de 2,3%, no terceiro trimestre, com uma captação de 3,6 mil alunos ante 3,5 mil no mesmo período em 2020.

Com o desempenho da captação nesse segmento, a base final de alunos da pós-graduação digital, no trimestre deste ano, apresentou um aumento de 16,3%, quando comparada com o terceiro trimestre do ano passado, atingindo 15 mil alunos.

“A melhora na captação da pós-graduação digital foi decorrente do foco da oferta desses cursos especialmente em polos parceiros.”

A taxa de evasão (aluno que abandona o curso) da graduação híbrida da Ser Educacional caiu 4,4 pontos percentuais, ficando em 12,5% (patamar pré-Covid). Na graduação digital, a taxa de evasão caiu de 18,7% para 8,9% em um ano.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião