PROVENTOS

Patrocinado por:

Sanepar (SAPR11) pagará R$ 296,4 mi em juros sobre o capital próprio

Sanepar (SAPR11) pagará R$ 296,4 mi em juros sobre o capital próprio
Sanepar (SAPR11). Foto: Foto: Pedro França/Agência Senado.

A Sanepar (SAPR11) aprovou, nesta quinta-feira (22) o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) relativos ao primeiro e segundo semestres do ano passado. Os proventos foram deliberados pelo Conselho de Administração da companhia em junho e dezembro do ano passado.

Em junho, a Sanepar deliberou sobre o pagamento de R$ 150.687.449,07 em juros sobre o capital próprio, com base nos resultados do primeiro semestre. O montante equivale a cerca de R$ 0,093 por ação ordinária, R$ 0,102 por papel preferencial e R$ 0,504 por unit.

Apenas os acionistas com ações da companhia ao final de 30 de junho têm direito a receber esses proventos.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Já em dezembro, a Companhia de Saneamento do Paraná deliberou o pagamento de R$ 145.740.318,85 em JCP, com base nos resultados do segundo semestre . O montante equivale a R$ 0,0904 por ação ordinária, R$ 0,0994 por papel preferencial e R$ 0,488 por unit.

Esses proventos, por sua vez, serão pagos aos acionistas que detinham ações da Sanepar ao final do dia 30 de dezembro.

O pagamento de ambos os juros sobre capital próprio acontecerá no dia 18 de junho, de acordo com o fato relevante divulgado hoje.

Veja também:

Sanepar aplicará reajuste de 5,77% em tarifa de água e esgoto

A Sanepar  informou, na última semana que a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar) aprovou um reajuste nas contas de água e esgoto da companhia. Segundo a empresa, haverá um aumento de 5,7701% na tarifa.

Conforme a deliberação da Agepar, os resultados da primeira fase da 2ª RTP indicam que a tarifa será de R$ 5,6675/m³ após 30 dias da publicação da resolução. A tarifa aplicada pela Sanepar anteriormente tinha uma base de R$ 5,3583/m³.

O valor de reajuste foi discutido em audiência pública no fim do mês passado e contempla a revisão tarifária periódica da Sanepar. É realizado um equilíbrio de contas a cada quatro anos para que a companhia opere com seus custos em linha com a potencial geração de receita.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião